<
>

Torcedores acompanham decolagem da LOUD e Fluxo para mundial de Free Fire em live

play
Victor 'Metal', da SS, revela os maiores desafios de um treinador de Free Fire (12:51)

Em entrevista, ele fala sobre título da LBFF 3, reconstrução de elenco e propostas de outras equipes (12:51)

No último domingo a transmissão oficial do aeroporto de Guarulhos recebeu milhares de fãs para acompanhar no início da madrugada de ontem (3) a decolagem das equipes LOUD e Fluxo para Singapura, país sede do Free Fire World Series, o Mundial de Free Fire, conforme aponta reportagem do The Enemy.

O aeroporto de Guarulhos mantém uma transmissão ao vivo no YouTube onde normalmente recebe poucas centenas de espectadores, em sua maioria, fãs da aviação. Porém no último domingo, a transmissão chegou a 2 mil espectadores acompanhando a decolagem do voo QTR774 e repercutiu nas redes sociais com apoio das páginas de comunidade Frifas News e Babbler Free Fire.

As equipes chegaram em Doha, capital do Catar, na última segunda-feira às 20:12 (horário local) após 13h de voo, entretanto as equipes vão precisar esperar por cerca de 21 horas para fazer a conexão para Singapura. O voo está marcado para acontecer nesta terça às 19:45 no horário local (13:45, no horário de Brasília).

A repercussão gerou diversas brincadeiras nas redes sociais, incluindo a icônica chamada de CamilotaXP, que antecede as partidas: “Aguenta coração porque a decolagem foi autorizada”.

O Free Fire World Series acontece entre os dias 22 e 29 de maio reunindo os melhores times da categoria, incluindo a Fluxo e LOUD. A Fluxo venceu a LBFF4 e está classificada para a etapa de grupos, enquanto a LOUD, vice-campeã brasileira, precisa passar pela etapa de classificação para seguir em frente no torneio.

O torneio vai distribuir R$ 10,8 milhões (US$ 2 milhões) em premiações aos participantes e a equipe campeã receberá R$ 2,7 milhões (US$ 500 mil). O torneio previa 22 times de 14 países, porém o torneio vai contar com 18 equipes, tendo em vista que o governo de Singapura impôs restrições para viajantes provindos da Índia, Bangladesh e Paquistão. Os participantes vão permanecer isolados até a estreia do torneio.