<
>

CSGO: Em confronto brasileiro, FURIA derrota paiN e segue viva na DreamHack

play
"Tem sido bem legal e desafiador", crava Boltz sobre voltar a competir contra os melhores (2:27)

Ele ainda fala sobre as expectativas para o próximo campeonato (2:27)

Depois de iniciar sua caminhada dentro da DreamHack Masters Spring 2021 com derrota, as equipes brasileiras da FURIA e paiN Gaming se enfrentaram na manhã desta sexta-feira (30). Valendo a vida no grupo B do campeonato, os Panteras levaram o difícil confronto tupiniquim em um 2 a 0 para manter-se no campeonato.

Na Nuke, mapa de escolha da paiN Gaming, a equipe começou conseguindo vantagem na primeira metade da partida ao encaixar um 8 a 7 no placar com boas investidas no lado atacante e uma boa atuação de NEKIZ.

Apesar de todos os ataques bem sucedidos e a vantagem no placar na primeira metade, a equipe não conseguiu manter o mesmo nível ao trocar de lados. Deixando o lado defensivo e indo para o atacante, só deu FURIA. KSCERATO e Vini protagonizaram clutches e bons rounds para liderar os panteras em direção a sua primeira vitória na série. 1x0 FURIA.

A decisão da série aconteceu já no segundo mapa, escolha da FURIA. Dentro da Mirage o domínio dos Panteras visto na segunda metade do último mapa continuou: buscaram a vitória em onze rounds ainda na primeira metade e aumentaram a pressão em cima dos Tradicionais - que conseguiram vitória em apenas quatro rounds antes de ir para o lado atacante.

A reação da equipe liderada por PKL veio no lado atacante. A paiN Gaming deixou de lado a desvantagem no placar e entrou para jogo sem deixar a FURIA se impor e, ganhando oito rounds seguidos, diminuíram a diferença no placar e viraram o jogo. Seguido de um pause para arrumar a casa, os Panteras se reergueram e fecharam a série em um 16 a 12.

Com a vitória, os Panteras seguem vivos e avançam na chave inferior da DreamHack. O próximo compromisso da FURIA é neste sábado (01) contra a equipe perdedora do confronto entre Astralis e Complexity, que disputam as semifinais da chave superior.