<
>

CBLoL: 'Essa série tem um impacto psicológico gigantesco', avalia Djoko sobre RED contra Vorax

play
Djoko fala sobre o bom momento da Vorax indo para as semifinais (4:49)

O criador de conteúdo também fala sobre alguns problemas da equipe (4:49)

No último fim de semana a equipe da RED Canids garantiu o avanço para as semifinais após deixar a equipe da KaBuM pelo caminho em um convincente 3 a 1. Neste fim de semana, a Matilha enfrenta a Vorax para decidir a segunda finalista do primeiro split do CBLoL 2021.

Elenco forte, agressivo e recheado de boas mecânicas. Esses são alguns dos fatores que fizeram com que o quinteto da RED se tornasse tão dominante durante todo esse primeiro split.

No entanto, muito se falava sobre a indisciplina e a impulsividade que era trazido a Summoner’s Rift toda vez que a equipe da RED Canids se apresentava. Decisões tomadas por impulso e algumas amostras de que talvez nem todos estivessem na mesma página fizeram com que a equipe passasse por alguns deslizes no decorrer do campeonato.

“Eu vejo que a RED é um time que tem sim muitos problemas, a indisciplina é um deles, mas ao mesmo tempo é uma equipe que precisa desse gameplay arrojado e forte desde o início, precisa procurar as oportunidades para executar o seu melhor League of Legends”, avalia Djoko em entrevista ao ESPN Esports Brasil.

Mantendo o estilo de jogo forte que fez com que a equipe entrasse nos holofotes da competição, a equipe teve um passeio tranquilo ao enfrentar a KaBuM durante as quartas de final.

Em uma atuação de gala e na melhor fase de sua carreira, Titan foi o grande nome da série. Apesar de novo, o atirador coleciona grandes experiências e entrou nos servidores trajado com sua melhor roupa, para mostrar seu melhor jogo. Fez questão de que sua presença não passasse despercebida e mostrou à KaBuM que deixá-lo livre não era uma boa opção.

“A gente sentia, por exemplo, o Titan extremamente livre dentro de jogo. Quando você tem um jogador considerado diferenciado, esse jogador vai aparecer nesse tipo de jogo, um jogo que ninguém tem o nível dele, e claramente você vê que o Titan tava jogando o fino e o time adversário não conseguia acompanhar”, avalia o técnico.

Deixaram as apostas de que os Ninjas saíriam superiores e a derrota da segunda partida de lado, e emplacaram um 3 a 1 para acabar com a série. A vitória garantiu o avanço para as semis e sua próxima adversária é uma das favoritas para levar tudo: Vorax.

O CAMINHO ATÉ O TOPO

Comendo pelas beiradas e de forma consistente, a equipe da Vorax evoluiu e encaixou de forma surpreendente durante o campeonato, sendo considerada talvez a melhor equipe desse primeiro split.

Vindos de temporadas onde seu estilo de jogo era considerado “previsível” por ter um grande foco na parte superior do mapa com Fnb e Yampi, a chegada de Krastyel e Matsukaze, que estão em bons momentos assim como a equipe, para o elenco foi um grande acerto para a equipe.

“O mais fácil para eles seria jogar para o Fnb. Mas, o caminho mais fácil nem sempre é o que vai te levar mais longe, então seguir o caminho mais tortuoso e treinar o Matsu e o Krastyel acabou se pagando muito porque diminuiu os pontos fracos da equipe”, analisa.

Bem encaixados e, em partes, favoritos para levantar o troféu do campeonato, o principal fator que pode vir a atrapalhar o elenco voraz é um que deve ser superado através de muito trabalho psicológico e preparação.

“Eles nunca foram tão longe, eles nunca chegaram tão favoritos como são agora. Então o maior inimigo deles talvez seja o próprio hype, inicialmente, e caso eles passem o que eu acho bem possível, aí sim [entra que eles] nunca chegaram em uma final do CBLoL onde o peso emocional e psicológico é bem maior”, comenta Djoko.

“Eles tem um early game muito bom, melhor controle, boas lutas e um ótimo momento, mas a experiência talvez peque um pouco não por eles não serem jogadores experientes, mas eles não tem experiência específica para o momento. Final seria algo a se preocupar”, completa.

A SÉRIE ENTRE MATILHA E VORAZES

“Essa série pra mim tem um impacto psicológico gigantesco”, foi assim que Djoko começou a analisar a série entre as equipes e é importante saber o porque o impacto é tão grande.

Durante grande parte da fase regular do CBLoL a equipe da RED se manteve na segunda colocação apenas esperando um vacilo da equipe rubro-negra para se apossar do primeiro lugar. O vacilo veio… mas para ambos.

Em meio a algumas inconstâncias, tanto Flamengo quanto RED perderam sua dominância e viram outras equipes despontarem na tabela - em especial, a Vorax. No último jogo da Matilha na fase regular, viram a Vorax capitalizar em cima das pequenas brechas deixadas pela equipe e, consequentemente, tomar o segundo lugar para si.

Enviados às quartas de finais, vitória sobre a KaBuM, avanço para as semis e mais uma vez a Vorax está lá, esperando como uma guardiã.

Desconsiderando que a impulsividade trazida pelo jovem elenco da RED Canids seja um problema para eles mesmos, a verdade é que Djoko vai contra o pensamento de muitos entusiastas do cenário e acredita que não seja um ponto tão fraco assim.

“Não acho que um time impulsivo é ruim. Já tivemos times campeões brasileiros que resolviam no dedo e jogavam de forma impulsiva, o Flamengo de 2019 era isso (...) Acho muito purista quando você chega e fala que a RED tem que jogar um jogo mais limpo, pra mim a grande malícia de ter o Titan no time é ter um cara que vai entrar para o 1x1 quando puder, e talvez ele morra as vezes, mas pode ganhar o jogo sozinho”, comenta o treinador sobre o ponto positivo da impulsividade.

Em um duelo entre jogadores relativamente novos, apesar de Titan ser o grande nome de destaque da Matilha para a série, segundo Djoko o foco principal da série está escondido nos meios dos arbustos dos campos da justiça: os caçadores Yampi e Aegis. A primeira opção, extremamente importante para rodar o começo de jogo da Vorax ao lado de Fnb.

A segunda é igualmente fundamental, mas com uma pequena diferença. “A Vorax nem sempre começa na frente, as vezes eles vão conseguindo essa vantagem aos poucos. A RED é um pouco diferente, parece que tem essa vontade de querer começar na frente, claro todo time tem esse desejo, mas a RED age muito mais pra isso principalmente pelas mão do Aegis - que vem fazendo um campeonato muito bom”, observa Djoko.

As equipes se enfrentam dentro de Summoner’s Rift neste próximo domingo (04), após o jogo entre paiN e Flamengo que acontecerá no sábado (03), e marcará a decisão do segundo finalista do primeiro split do CBLoL 2021.

“Eu sinto que a Vorax está em um momento tão bom que a semifinal vai ser uma série que vai dar o que se espera, a Vorax vai levar se jogar o jogo que jogou até agora e eu acredito que vai acontecer (...) Eu acredito que é muito mais provável um 3 a 1 para a Vorax”, conclui.