<
>

CS:GO: Astralis, VP e Liquid se classificam no Grupo D da ESL Pro League

play
CSGO: Moses discute o que esperar da Team Liquid em 2021 (1:48)

Tecnico fala do elenco e o potencial para serem líderes do Counter-Strike internacional (1:48)

Esta segunda-feira (29) marcou o último dia do Grupo D da ESL Pro League, importante torneio do cenário competitivo de Counter-Strike. Com os resultados, as equipes da Astralis, Virtus.pro e Team Liquid estão classificadas para a próxima fase da competição.

GRUPO D

A série mais importante do dia foi o confronto direto entre Team Liquid, de Fallen, e Virtus.pro. O primeiro mapa, escolha da VP, foi Dust2, que teve a vitória da Cavalaria por 16 a 13. O jogo foi para o topo do edifício da Vertigo e o Liquid voltou a vencer por 16 a 13. Com o placar, a equipe de Fallen ficou em segundo lugar no Grupo D.

A equipe que ficou em 1º lugar no grupo foi a Astralis, que encarou a Fnatic na segunda série do dia. O time de device venceu por 2 a 0 com duplo 16 a 10 (Train e Dust2).

O terceiro jogo do dia teve o confronto com Evil Geniuses, de zews, e Endpoint. Já eliminadas, as equipes se enfrentaram em Inferno e Vertigo, com placares de 16 a 13 e 16 a 12, respectivamente, a favor da Endpoint. A EG só conseguiu uma vitória no torneio (Astralis).

O TORNEIO

A Pro League reúne 24 dos principais times de CS:GO do planeta, distribuídos em 4 grupos. Iniciado no último dia 8 de março, o torneio já tem definidos todos os classificados para as próximas fases da competição.

No Grupo A, as três melhores foram Heroic, Complexity Gaming e FunPlus Phoenix. No Grupo B, seguem vivas as equipes da Ninjas In Pyjamas, ENCE e G2 Esports – a FaZe Clan de coldzera ficou na 5ª posição. Já o Grupo C teve como classificados Gambit Esports, FURIA e Natus Vincere – MIBR e Team oNe foram eliminadas. No Grupo D, seguem firmes Astralis, Virtus.pro e Team Liquid – a Evil Geniuses está fora.

As próximas etapas da competição são Play-In (onde os vencedores seguem diretamente para as semifinais) e Playoffs, que começam no dia 02 de abril. As equipes lutam por uma premiação de US$ 750 mil e vaga na final global da BLAST Premier.