<
>

FURIA perde para a Cloud9 na ESL Pro League de CS:GO

play
"Quando chegou essa oportunidade eu nem acreditei", desabafa Honda sobre ida ao time principal da FURIA (2:52)

O brasileiro também reflete sobre como está sendo jogar contra os melhores times do mundo (2:52)

Foi disputada nesta segunda-feira (22) a quarta rodada do Grupo C da ESL Pro League, importante torneio da temporada competitiva de Counter-Strike: Global Offensive. As três equipes brasileiras foram derrotadas, mas FURIA ainda está próxima da classificação para a próxima fase. MIBR e Team oNe estão eliminadas do torneio. Veja como foram os confrontos:

TEAM ONE

A primeira equipe brasileira a entrar em ação nesta segunda-feira foi a Team oNe. A equipe enfrentou a líder do Grupo C, a Gambit. O primeiro confronto foi em Inferno e a Gambit tratou de marcar 11 pontos no lado Defensor, enquanto os Golden Boys levaram 4 rounds. Na mudança de lado, a Gambit só precisou de mais 5 pontos para fechar em 16 a 5.

O segundo mapa foi Mirage e o domínio da Gambit prosseguiu. Como Atacante, a equipe de Sergey 'Ax1Le' Rykhtorov marcou 10 pontos, enquanto os brasileiros fizeram 5. Na troca de lado, só o time russo marcou e o placar foi o mesmo do primeiro mapa, 16 a 5. A Team oNe não tem mais chances de classificação.

MIBR

A MIBR entrou em ação na segunda série do dia com a necessidade da vitória, mas teve pela frente um adversário dos mais qualificados, a Natus Vincere. O primeiro mapa, Mirage, foi marcado por uma disputa bastante acirrada e cheia de rodadas de prorrogação. Como Atacante, a MIBR marcou 9 pontos, mas ao final da disputa, a Na’Vi conseguiu o 15 a 15 no placar. Somente na terceira rodada de prorrogação que saiu o resultado: 25 a 23 para a Na’Vi.

O golpe foi duro e a MIBR não conseguiu se recuperar em Dust2. Como Atacante, a Na’Vi conseguiu nada menos que 13 pontos, deixando a segunda metade do mapa muito difícil para os brasileiros. No final, derrota por 16 a 8 e eliminação da MIBR da Pro League.

FURIA

No terceiro confronto do dia, a FURIA encarou a Cloud9. O primeiro mapa escolhido da série foi Overpass e os brasileiros começaram na Defesa. Precisando da vitória, os norte-americanos partiram para cima e marcaram 10 pontos na primeira metade do mapa, sendo a sequência inicial de 8 a 0. Na mudança de lados, os brasileiros não conseguiram se recuperar e o placar final foi de 16 a 6 para a Cloud 9.

O segundo mapa foi Nuke e o cenário inicial foi o mesmo de Overpass. Do lado Defensor, a Cloud9 marcou os 12 pontos iniciais com um jogo bastante sólido, não visto no torneio até então. Após a mudança de lado, a Cloud levou o pistol e fechou o mapa no round seguinte em 16 a 1.

PRÓXIMA RODADA E CLASSIFICAÇÃO

O Grupo C faz uma pausa nesta terça-feira (23) e volta, para a rodada decisiva, na quarta-feira (24). Veja como está a tabela de classificação e como será a rodada final do Grupo C:

Última rodada

• FURIA x Gambit
• Na’Vi x Team oNe
• Cloud9 x MIBR

O TORNEIO

A Pro League reúne 24 dos principais times de CS:GO do planeta, distribuídos em 4 grupos. Iniciado no último dia 8 de março, o torneio já tem dois grupos definidos, com seus melhores participantes classificados para as fases seguintes.

No Grupo A, Heroic, Complexity Games e FunPlus Phoenix estão vivas no torneio. Já no Grupo B, as melhores colocadas são Ninjas In Pyjamas, ENCE e G2 Esports. A FaZe Clan (de coldzera) já está fora. O Grupo C será disputado até o dia 24 de março. Por fim, o Grupo D tem jogos marcados para os dias 25 a 29 de março, incluindo a Evil Geniuses (de zews) e Team Liquid (de Fallen).

As equipes lutam por uma premiação de US$ 750 mil e vaga na final global da BLAST Premier.