<
>

"Queremos manter esse ritmo de treino e não deixar a peteca cair", revela fNb sobre fase boa da Vorax

play
MatchMaking: Vorax chega em boa fase para o segundo turno do CBLoL (5:29)

Felipe Felix e Guerra falam sobre o desempenho dos Top 3 do CBLoL até o momento (5:29)

Fechando o primeiro turno do CBLoL com os últimos confrontos entre as equipes, a paiN mostrou melhorias no clássico contra a INTZ, a KaBuM manteve a boa forma mostrada nas últimas semanas e a Rensga continuou sem conseguir se impor.

Em mais uma partida complicada para os cowboys, LOUD e Rensga se enfrentaram para abrir o dia, com a LOUD garantindo sua quinta vitória sem muitas dificuldades. Em sua estreia pela equipe goiana, Zirigui refletiu acerca dos pontos que a equipe terá de resolver para o segundo turno do campeonato.

O nosso ponto principal a ser melhorado é a agressividade. A exemplo desse jogo contra a LOUD, tiveram muitos momentos que poderíamos ser mais agressivos e jogado mais pra frente. Então ser mais agressivo e aproveitar as brechas que dão”, revela o suporte da Rensga.

Embalados em um bom momento após a chegada dos coreanos, a KaBuM não se abalou com a derrota contra a INTZ na última semana e voltou a ganhar no Rift contra o Cruzeiro. Diferente de outros times da liga, que vem sofrendo com a comunicação com estrangeiros, Evrot elogia e destaca a melhora nesse quesito com a chegada dos coreanos.

Eles trouxeram bastante dessa comunicação objetiva, então a gente consegue polir muito a comunicação e falar só o que importa durante o jogo. O clima da casa também é muito tranquilo, a gente conversa bastante fora de jogo e nos entendemos muito bem, tanto dentro do jogo, quanto fora. Então vejo como algo muito saudável”, avalia o jogador.

Para fechar o primeiro turno dos tradicionais da paiN, a equipe enfrentou os intrépidos no clássico paiNTZ. Apesar dos breves momentos de respiro que a INTZ conseguiu ter durante a partida, a paiN mostrou uma melhoria e levou a vitória.

Durante a coletiva de imprensa, Robo falou a respeito da evolução da equipe e que, o fato do confronto ser um clássico, não motivou a equipe e sim o desempenho abaixo da média que vinham mostrando.

“Conseguimos entrar na mesma página. Não estávamos pensando em ‘Precisamos vencer porque é um clássico’, não nos motivamos por causa disso. A gente se motivou por sabermos que somos bons jogadores, que tinha algo errado e que não estávamos jogando no nosso nível”, revela o topo.

Dominando a matilha, a equipe da Vorax também manteve a boa performance mostrada nas últimas semanas para fechar o primeiro turno do CBLoL com vitória. Sobre a boa fase que a equipe vem tendo, fNb mantém os pés no chão e garante que a equipe não pode vacilar.

Somos considerados um time bom e forte, mas acima de tudo queremos manter esse ritmo de treino e não deixar a peteca cair. Temos que continuar trabalhando como se fossemos ruins e querendo melhorar", conta fNb.

Na partida mais parelha do dia, ainda que a FURIA tenha mostrado um bom jogo e resistência contra o Flamengo, a equipe rubro-negra manteve-se mais forte e garantiu o placar perfeito para fechar o primeiro turno do CBLoL. Quanto à partida difícil contra a última colocada, Pades revela que o Flamengo vinha tendo dificuldades contra os furiosos nos treinos.

"Vimos alguns times crescendo recentemente e a FURIA foi um deles. Nós não conseguimos ganhar treinos da FURIA e eles estavam performando muito bem, então eu já esperava que eles fossem jogar bem", observa o técnico