<
>

CS:GO: Com direito a provocação, MIBR supera OG e segue viva na Flashpoint

play
Guerri critica 'Fla-Flu' das torcidas na rivalidade entre FURIA e MIBR pelo CSGO: 'É muito agressivo' (4:41)

Técnico da FURIA avalia excessos que partem dos torcedores, mas vê comunidade amadurecendo (4:41)

Embalados pela vitória da FURIA logo pela manhã, a MIBR continuou mostrando sua boa fase no cenário europeu, derrotando a equipe da OG por 2x1, nesta terça-feira (1), em um duelo válido pelos playoffs da Flashpoint 2. Classificados na segunda colocação do grupo, após vencer forZe e Envy, a equipe brasileira chegou com moral para a fase decisiva da competição.

Com mais de 66% no seu mapa de escolha, a MIBR abriu a série com uma vitória por 16 a 10 na Nuke, mesmo começando no lado “ruim” da usina. Na mudança para contra-terrorista, o domínio foi ainda maior, finalizando a partida e abrindo vantagem na disputa.

Na Inferno, mapa de escolha da OG, o roteiro foi diferente. Completamente dominada no lado contra-terrorista, sem conseguir garantir nenhum ponto, a equipe brasileira mostrou novamente dificuldades em finalizar o mapa, perdendo por 16 a 6 e deixando a decisão escapar para a Dust 2.

Considerado um dos melhores mapas da nova MIBR, o que se viu na Dust 2 foi um verdadeiro atropelo de v$m e cia, que não teve dificuldades em finalizar o mapa por 16 a 3, se classificando para a semifinal da chave dos vencedores. Vale destacar que as duas derrotas da equipe brasileira no mapa, contra BIG e Liquid, aconteceram por placares elásticos de 16 a 2.

Animado com a vitória, v$m respondeu a provação de NBK, dizendo para o francês “comprar um outro controle, que esse não funcionou”. Antes da partida, o jogador havia postado que “estava preparado para enfrentar a MIBR”, seguido de uma foto com o controle característico de jogos de luta.

O próximo compromisso da MIBR é contra a Fnatic, na próxima quinta-feira (3), às 14:00 (horário de Brasília), em confronto válido pela semifinal dos vencedores da Flashpoint 2.