<
>

BR6: Agora adversários, cameram4n e mav avaliam a decisão do Brasileirão 2020

play
Gabriel Jesus mata Neymar no Among Us, reporta o corpo e é 'jantado' por tripulação (1:45)

Atacante do Manchester City tentou enganar os outros jogadores e se deu mal (1:45)

Os fãs do competitivo de Rainbow Six brasileiro já tem um compromisso marcado neste fim de semana. Protagonizando a grande final do Brasileirão 2020, MIBR e Team Liquid se enfrentam na tarde de domingo (29) para ver qual equipe levantará o troféu.

De um lado, temos uma MIBR buscando com unhas e dentes seu primeiro título em um campeonato expressivo no competitivo de Rainbow Six. E do outro, uma Team Liquid campeã do Six Major de novembro buscando seu terceiro título de 2020.

O CONFRONTO

Sem se enfrentar a mais de um mês, como as equipes se portarão uma contra a outra é uma incógnita que ainda paira sobre a cabeça dos fãs e, apesar do desempenho dominante da Liquid nas últimas partidas, a grande final pode trazer grandes surpresas.

Exalando confiança, o atual capitão da organização brasileira MIBR, cameram4n, chega para a grande final deste fim de semana como todo capitão deve chegar: acreditando em seus companheiros e confiando em seus planos de jogo e experiências anteriores.

“Já enfrentei muito a Liquid ao longo dos anos em diversos campeonatos importantes. Sei como eles costumam se comportar em situações deste tipo e estou muito confiante no meu time. Acredito que temos grandes chances nessa final do BR6”, crava cameram4n.

Em outubro, durante seu último confronto contra a MIBR, a Team Liquid foi derrotada por um 2 a 0 contundente.

Buscando não amargurar o mesmo resultado do passado, o novo técnico e sexto player da Liquid, mav, acredita que a agressividade da adversária pode vir a ser um obstáculo para a Cavalaria.

“A MIBR é uma equipe que mescla bem tanto a parte agressiva quanto defensiva, com os jogadores se completando bastante, mas acredito que a maior dificuldade é segurar a agressividade de alguns jogadores como o cyber e o bullet que podem surpreender e atrapalhar nossas jogadas”, avalia mav.

OS TREINOS PRÉ FINAL

Para a série melhor de cinco (MD5), a Cavalaria apostou em manter a preparação para a grande final do mesmo jeito de sempre e em melhorar a confiança e entrosamento de todo o time dentro de jogo.

“A preparação tem sido a mesma, nós temos melhorado muito e os jogadores têm criado mais confiança, sabendo diversificar nas jogadas e ter mais leitura durante o jogo principalmente nas calls do SexyCake, e acho que isso é essencial para ganhar de um time como a MIBR”, comenta mav.

Apesar da quarta colocação no Six Major, a equipe da MIBR também manteve o mesmo esquema de preparação. No entanto, a equipe aproveitou as últimas semanas para trabalhar nos erros que cometeram na partida que os eliminou da competição contra Ninjas in Pyjamas.

“Tivemos a mesma preparação [...]. Durante o jogo do Major, a gente cometeu mais erros individuais e coletivos do que nas semifinais do BR6. Durante as semanas de preparação para os playoffs a gente procurou arrumar essas coisas”, revela cameram4n.

O REENCONTRO

Ex-companheiros em suas épocas de jogadores na FaZe Clan, cameram4n revela que jogar a final do Brasileirão 2020 contra mav “tem um gostinho a mais, sim. Porém, estou focado em trazer o primeiro título para o meu time, que ainda não teve a oportunidade de ganhar um campeonato como este. Eles merecem”.

Já para o novo treinador da Liquid a partida contra cameram4n não traz um “gosto a mais” e seu foco será sempre em ajudar a trazer os melhores resultados para a equipe independente de que equipe enfrentará.

“Minha motivação é apenas o título e terminar o ano com 100% de aproveitamento na Liquid, encerrando-o com chave de ouro”, revela mav.

Team Liquid e MIBR se enfrentam às 14h deste domingo (29) pelo título do Brasileirão 2020. Com mais de R$200 mil de premiação ao campeão do torneio, a grande final será realizada presencialmente na Max Arena, em São Paulo.