<
>

Fifa 21: 'Quem deu permissão à EA para usar meu nome e rosto?', questiona Ibrahimović

O atacante Zlatan Ibrahimović usou o Twitter para questionar sua presença em Fifa 21. O atacante, que está em grande fase no Milan, perguntou nesta segunda-feira (23) em sua conta oficial: “quem deu à EA Sports [responsável por Fifa 21] permissão para usar meu nome e rosto? ”

O sueco questiona se foi a FIFPro (Fédération nternationale des Associations de footballeurs), organização representativa dos jogadores profissionais de futebol em todo mundo. Ele diz que “não sabia ser um membro do Fifpro e que foi colocado lá sem nenhum conhecimento”.

Ele diz que “estou certo que nunca permiti que a FIFA ou a Fifpro fizessem dinheiro ao me usar” e completa: “hora de investigar”.

Em resposta ao ESPN Esports Brasil, a EA diz que "Fifa é o jogo virtual de futebol líder mundial e, para criar uma experiência de futebol autêntica ano após ano, trabalhamos com várias ligas, times e talentos individuais para garantir os direitos de utilizar a imagem dos jogadores e incluí-los em nosso jogo. Um deles é o relacionamento de longa data com o representante global dos jogadores profissionais de futebol, a FIFPro, que se associa à diversos licenciadores para negociar acordos que beneficiem os jogadores e seus sindicatos".

LICENÇAS EM JOGO

Para contar com licenças, a EA trabalha com acordos feitos junto às ligas, equipes e associações, como a FIFPro. No caso do Brasil, por exemplo, não há um representante único que fale por todos os times, tornando a licença bastante fragmentada. Enquanto o Brasileirão e alguns times daqui são exclusivos em eFootball PES 2020, Fifa 21 pode usar algumas licenças graças a presença Libertadores (e os times classificados para a competição continental).

Por outro lado, grandes ligas, como a Premier League, são unidas o suficiente para comercializar seus times e jogadores de forma unificada.

No caso do Milan e a Serie A italiana, Fifa 21 e PES 2021 possuem o direito de usar suas licenças. Há algumas particularidades, como a Juventus ser exclusiva em PES e o Milan ter uma parceira com Fifa.

Uma vez que o time está devidamente acordado com a empresa responsável pelo game (Milan e EA no Fifa 21, por exemplo), a licença de jogador faz parte do “pacote” – e pode ser que Ibra acabe não sabendo do acordo diretamente.

Vale lembrar que Zlatan Ibrahimovic está há um bom tempo no game de futebol da EA Sports. Veja sua trajetória: