<
>

Resumo: Final do Brasileirão de R6 definida e MIBR segue viva na Flashpoint

play
Gabriel Jesus mata Neymar no Among Us, reporta o corpo e é 'jantado' por tripulação (1:45)

Atacante do Manchester City tentou enganar os outros jogadores e se deu mal (1:45)

Com os jogos de FPS a todo vapor neste final de ano, principalmente no Rainbow Six, CS:GO e Free Fire, a ESPN Esports Brasil preparou um resumo sobre tudo o que aconteceu nesta penúltima semana de novembro.

FREE FIRE

Primeiro evento internacional do ano da modalidade, a “Pré-Libertadores” de Free Fire mostrou novamente o domínio do Brasil no cenário competitivo do jogo. Com apenas quatro vagas em disputa para a Grande Final, realizada no próximo sábado (28), os “brasileirinhos” dominaram as seis quedas, pintando de verde e amarelo a próxima fase da competição.

Quando o assunto é Libertadores, os tradicionais clubes de futebol honram as camisas que vestem. Cruzeiro, Santos e Flamengo jogaram em um altíssimo nível e dominaram os “hermanos” da América Latina. RED Canids também confirmou o bom momento do cenário brasileiro, fechando a zona de classificação para a Grande Final da Free Fire Continental Series.

RAINBOW SIX

Depois de vencer a versão “improvisada” do Six Major, a Team Liquid está perto de conquistar mais um campeonato nacional, após derrotar a favorita Ninjas in Pyjamas por 2x1. O primeiro mapa da série foi um legítimo atropelo da cavalaria, terminando o Consulado sem perder um round sequer, com seis pontos consecutivos no ataque.

Já em Clubhouse o resultado foi diferente, com outro lado atacante dominante, dessa vez para os Ninjas, que perderam somente dois rounds para a equipe adversária. Sendo de longe o mapa mais equilibrado da série, Litoral reservou fortes emoções para a Team Liquid, que mostrou agressividade e carimbou sua vaga para a Grande Final.

Do outro lado da chave, a vitória com V maiúsculo da MIBR surpreendeu parte da comunidade brasileira de Rainbow Six, pois tinha como adversário a Team One, líder da fase regular da competição.

Com cameram4n em dia iluminado, os Golden Boys perderam a semifinal por 2x0 (7x3 no Consulado e 7x5 no Litoral), não confirmando o favoritismo adquirido na fase de grupos da competição. Vale lembrar que em um confronto anterior, válido pelo Six Major regional, a Team One venceu a MIBR por 2x1 e avançou para as semifinais do torneio.

CS:GO

Abrindo a semana de competições no CS:GO, a Flashpoint voltou com a definição dos seus grupos, com MIBR jogando pela sobrevivência no grupo B. O primeiro confronto da equipe brasileira seria contra a forZe, valendo vaga para a disputa de primeiro lugar.

Tendo v$m como seu principal jogador, a MIBR venceu por 2x0 a equipe russa, por 16x9 na Nuke e 16x7 na Inferno, se classificando para os playoffs da competição e se qualificando para jogar a final do grupo contra a BIG, valendo o primeiro lugar.

Contra a organização alemã, a MIBR não teve o mesmo resultado da série anterior. Apesar do bom desempenho nos três mapas, a equipe brasileira não conseguiu garantir o primeiro lugar do grupo, perdendo por 2x1.

Na Nuke, primeiro mapa da série e escolha da MIBR, o desempenho ruim da equipe brasileira na primeira metade decretou a primeira derrota na série.

Já na Dust 2, escolha da BIG, v$m comandou um verdadeiro atropelo, chegando a deixar o placar por 15x2, com 13 matchpoints de vantagem. Mesmo com a larga diferença, a MIBR finalizou a partida por 16x10, levando a decisão para a Vertigo.

Levando ao pé da letra o nome de mapa de decisão, a Vertigo foi disputada ponto a ponto, com os dois times abrindo pequenas vantagens ao longo das duas metades. Ficando a um ponto do empate, a MIBR perdeu o round decisivo para a BIG, deixando escapar a primeira colocação do grupo.