<
>

Free Fire: Cruzeiro domina o Play-in e Brasil coloca quatro representantes na Final

play
Chat Aberto: Bruno 'PlayHard' abre as portas da mansão da LOUD (10:31)

O empresário também fala sobre as novidades que chegam em breve na equipe, Thurzin e a possibilidade de entrar em outras categorias dos esports (10:31)

Confirmando o favoritismo como região, o Brasil ocupou todas as quatro vagas para a próxima fase da Free Fire Continental Series, realizada neste sábado (21). Cruzeiro, RED Canids, Flamengo e Santos chegam para a Final completando as doze equipes que vão disputar o título continental. Corinthians e Black Dragons ficaram de fora do evento principal, apesar de contextos diferentes, onde o tradicional clube de Itaquera brigou na parte de cima da tabela, enquanto os dragões deixaram a vaga escapar na última queda.

Vale destacar que, apesar de um bom nível apresentado pela Naguará e GOD, duas organizações argentinas, todos os seis times do LATAM não conseguiram a classificação, mostrando que o nível brasileiro ainda é um degrau acima dos “hermanos”.

Começando pela primeira queda, realizada em Bermuda, ficou evidente o domínio do time de Minas Gerais, que abriu o campeonato com um bom booyah de 10 abates, largando com vantagem para as equipes adversárias. Já no segundo voo, em Purgatório, foi a vez do Santos dominar o mapa, garantindo 12 abates e a tão esperada vitória.

A terceira queda, realizada em Kalahari, foi a última feita no servidor norte americano, com vitória discreta da RED Canids, que se aproveitou de um bom posicionamento e garantiu sete abates. Voltando para Bermuda, agora no servidor sul-americano, o Cruzeiro levou pela segunda vez o mesmo mapa, com uma atuação histórica de 18 abates, superando o recorde estabelecido na terceira etapa da LBFF.

As duas últimas quedas, em Purgatório e Kalahari, foram dominadas com vitórias de GOD e Naguará, respectivamente. Apesar da melhora dos hermanos, a pontuação não foi suficiente para tirar a classificação dos quatro brasileiros, somando oito equipes brasileiras e deixando a Final 75% verde e amarela.

Somando a maioria brasileira, quatro representantes do LATAM classificados de maneira direita, preenchem os doze times que se enfrentam em busca do título continental de Free Fire.

  • SS Esports

  • Keyd

  • Team Liquid

  • paiN Gaming

  • Ignis Esports

  • Arctic Gaming

  • Team Aze

  • Savage Esports