<
>

CSGO: Devido a restrições do COVID-19, IEM Global Challenge será realizada online

play
Guerri critica 'Fla-Flu' das torcidas na rivalidade entre FURIA e MIBR pelo CSGO: 'É muito agressivo' (4:41)

Técnico da FURIA avalia excessos que partem dos torcedores, mas vê comunidade amadurecendo (4:41)

Anunciado no início de setembro, a IEM Global Challenge se junta à extensa lista de campeonatos que acontecerão no formato online por conta da pandemia.

A mudança foi anunciada na tarde desta segunda (09) pela organizadora e se dá por conta das restrições adotadas pela Alemanha, país onde o campeonato será sediado o campeonato, para prevenção do novo COVID-19 em meio aos aumentos de casos na Europa.

Em comunicado oficial, a ESL ainda confirmou que trabalhará junto das equipes participantes do torneio para encontrar instalações adequadas para os jogadores poderem competir.

O IEM Global Challenge, junto com a IEM Beijing, foi anunciado como um dos dois campeonato que seriam realizados no lugar do Rio Major 2020. Inicialmente, a ideia era que o evento fosse realizado de forma presencial.

Com oito equipes participantes, o evento já conta com as equipes Heroic e FURIA, campeãs da DreamHack Open Fall 2020 e IEM New York 2020 respectivamente, confirmadas. As outras seis equipes restantes serão definidas com os resultados da IEM Beijing Europa e América do Norte, além do primeiros colocados do ESL World Ranking do CIS e EU.

O campeonato será o último de Counter-Strike: Global Offensive a ser realizado neste ano e acontecerá entre os dias 15 e 20 de dezembro, com premiação total de $500 mil dolares ( aproximadamente R$2.700 milhões na cotação atual).