<
>

R6: Peça-chave da Team oNe, Faallz sonha com seleção brasileira

play
"O Brasil ter vencido um campeonato mundial, mostra que o cenário é consolidado", diz diretor de Rainbow 6 (4:45)

Ao ESPN Esports, o responsável pela marca do jogo, Alexandre Remy, revelou que a Ubisoft tem planos de voltar a promover torneios no País e como a empresa enxerga o cenário nacional (4:45)

A Team oNe se consolidou como a organização inteiramente brasileira a romper com a hegemonia de tags internacionais que “invadiram” o cenário nacional de Rainbow Six.

Desde 2018, as estrangeiras Team Liquid, Ninjas in Pyjamas, FaZe Clan e MIBR (antiga Immortals) se consolidaram como as melhores do país.

Dois anos depois, porém, os Golden Boys se apresentam como fortes candidatos a bater de frente com essa hegemonia internacional - e a liderança do BR6 é prova disso.

A ascensão da Team oNe, e porque não também a consolidação como uma das principais equipes do país, passa muito pela atuação de um jogador em específico: Faallz.

O suporte se tornou peça-chave do elenco e é a sensação do momento pelo cenário brasileiro. Não à toa, ele é um dos nomes mais cotados para defender o país na Rainbow Six World Cup, a Copa do Mundo da categoria que será disputada no ano que vem.

“É muito legal ter o trabalho reconhecido dessa maneira, fico bem feliz”, comentou em entrevista exclusiva ao ESPN Esports Brasil. “Se acontecer mesmo uma convocação, será uma honra ter a chance de jogar e representar nosso país junto com outros grandes nomes da modalidade em um torneio internacional dessa importância.”

No BR6, Faallz foi o atleta com maior número de títulos MVP (melhor da partida) ao lado de Paluh”, da Liquid. Em seis das 18 partidas disputadas, ele teve o melhor desempenho geral. De quebra, o suporte da Team oNe também se destaca em outras estatísticas importantes para a posição, como, por exemplo, ser o terceiro melhor no quesito de plants realizados. Esse é um dado que chama a atenção principalmente pelo DNA agressivo dos Golden Boys dentro dos servidores.

Além disso, Faallz é destaque em outras estatísticas importantes para a posição como, por exemplo, nos plants (3º melhor) - o que chama a atenção em um time agressivo como o dos Golden Boys.

Com discurso humilde, Faallz exaltou o jogo coletivo da Team oNe para comentar sobre seus números individuais. “Cada integrante da nossa equipe está fazendo bem sua própria função. Confio muito em meus companheiros e isso faz com que eu possa atuar sem tanto ‘peso’. Tudo está funcionando bem e fico feliz em conseguir ajudar da melhor forma possível.”

Para o suporte, “confiança é a principal característica que explica essa boa fase do time”. “Os cinco jogadores da line-up são extremamente talentosos, estão muito bem e confiantes para todos os confrontos. Nenhum de nós sente medo ao tentar fazer uma jogada, vamos para cima de todos os adversários sabendo que, caso alguém cometa um erro, temos companheiros preparados para reverter uma situação desfavorável.”

MELHOR SUPORTE DO BRASIL?

A humildade também esteve presente quando questionado se ele mesmo se considerava o melhor suporte do Brasil. “Não sei se sou o melhor suporte do Brasil na atualidade, posso dizer que estou entre os melhores”, comentou. “Temos muitos jogadores bons na posição. Não vou colocar em um ranking com ordem exata, mas acredito que estou entre os três principais hoje.”

Ele fez questão de exaltar outros jogadores da posição. “Coloco entre os melhores suportes da atualidade também o Kamikaze, que, apesar de não acumular tantas kills, é um jogador muito importante para a NiP, impossível não falar dele. E destaco também o Lagonis, que vem jogando muito bem na Black Dragons e é um cara muito dedicado.”

Com a primeira fase do BR6 concluída da melhor maneira possível para os Golden Boys, Faallz e a Team oNe entrarão em ação novamente no próximo dia 30, quando enfrentam a MIBR em partida válida pelo Six Major de novembro - o Major ‘brasileiro’ em função da pandemia do novo coronavírus (COVID-19). Algumas semanas depois, a equipe disputará os playoffs do BR6, na briga pelo título inédito. Estarão na disputa de ambos os campeonatos Team Liquid, Ninjas in Pyjamas e MIBR.