<
>

LoL: INTZ negocia contratação do suporte Woodboy, da RED Canids

play
Worlds: Antes na Liquid Academy, Tactical agradece confiança de CoreJJ como titular (0:13)

Atirador da Team Liquid fala sobre relação com o suporte (0:13)

A INTZ está próxima de reforçar seu elenco com Woodboy, da RED Canids. O jovem suporte atuou pela Havan Liberty na segunda etapa de 2020, onde dividiu posição com Gyeong. A RED não tem intenção de utilizar nenhum de seus suportes atuais e está no mercado à procura de um novo nome para a posição. A informação foi apurada pelo ESPN Esports Brasil.

Além de Woodboy, que está em negociação para reforçar a INTZ, a RED procura negociar o suporte Cabu. Dessa forma, irá ao mercado em busca de um novo suporte para completar seu elenco titular, que não sofrerá alteração nas outras posições (Guigo, Aegis, Avenger e TitaN seguem no time principal).

Além de Woodboy e Cabu, a RED Canids também colocou o meio Grevthar à venda e não pretende utilizá-lo no CBLoL em 2021.

OUTRAS MOVIMENTAÇÕES

Para o academy, a Matilha encaminhou quatro nomes: Bankai (o primeiro Bankai, não o do Flamengo), Neephesto, Taara e guigs. Para a rota do meio, ainda negocia com Aithusa, que está sob contrato com a Redemption POA. A alternativa para um insucesso com Aithusa seria Aiye, outro meio das filas solo. Todos os jogadores, com exceção de Bankai, são novatos no cenário profissional de LoL.

Recentemente, a INTZ dispensou o suporte Bounty, que treinava pela equipe academy. Os Intrépidos ofereceram Redbert para a RED Canids para ter Woodboy, mas os times não chegaram a um acordo de troca até então. A INTZ, mesmo assim, tem a intenção de comprar o jogador. RedBert continua à venda pela INTZ, assim como Tay, Aoshi, Accez, Mills e Jockster (todos colocados no mercado pela atual campeã brasileira).

A INTZ e a RED Canids não quiseram comentar as informações quando contatadas pela reportagem. Toda a cobertura da janela de transferências será feita pelo ESPN Esports Brasil.