<
>

CSGO: Com 8 brasileiros, ESIC revela lista com 37 técnicos banidos por uso do 'bug do coach'

Depois do banimento de seis meses de dead, ex-técnico da MIBR, a ESIC anunciou nesta segunda (28), o banimento de mais sete técnicos do cenário brasileiro de CS:GO pelo uso do que ficou conhecido como “bug do coach”, permitindo ter visão de lugares privilegiados de dentro do mapa.

No total, 37 técnicos do mundo sofreram essa punição. O tempo de banimento varia conforme o número de mapas e rounds utilizados, segundo o critério da ESIC. Guerri, da FURIA e Apoka, da BOOM estão na lista e já se pronunciaram em relação a punição.

Confira abaixo a lista completa dos brasileiros punidos. Vale destacar que dead, ex-técnico da MIBR, sofreu a punição anteriormente devido ao uso recente da vantagem.

  • guerri (FURIA) - 4 meses

  • peu (W7M Gaming) - 5 meses

  • Apoka (BOOM) - 5 meses e 12 dias

  • dead (ex-MIBR) - 6 meses e 15 dias

  • prd (RED Canids) - 10 meses

  • rikz (DETONA) - 10 meses

  • ellllll (paiN Gaming) - 10 meses

  • Arnoz1k4 (ex-EVIDENCE) - 10 meses

Até a publicação desta notícia, apenas Apoka se pronunciou e afirmou que nunca se utilizou de qualquer benefício dentro do jogo, além de prestar todos os esclarecimentos, o técnico prometeu uma livestream mostrando todas as demos que foi punido.

No cenário internacional, um caso chamou atenção pelo abuso do bug. zoneR, coach da HardLegion, se utilizou da vantagem em mais de 400 rounds, em 16 mapas. A punição dada foi de 36 meses, totalizando 3 anos fora do cenário competitivo de CS:GO.

Veja o comunicado da ESIC sobre os casos:

Durante a punição, os técnicos não poderão estar presentes e nem se comunicar de maneira física nas partidas dos times que representam. Também não será possível participar do vetos de mapas, ou seja, fora de qualquer atividade que seja relacionado com o competitivo de CS:GO.

Caso algum técnico não ache a punição justa, será possível recorrer com o ESIC através do comitê disciplinar da organização, diminuindo ou anulando a pena se a revisão se tornar positiva.