<
>

CSGO: MIBR fala sobre futuro da organização após duas semanas de silêncio

play
CSGO: "É gratificante sentir o carinho do público de perto", afirma FalleN durante Encontro das Lendas (4:05)

Cold e fnx também comentaram o sentimento de rever a torcida do MIBR, enquanto torcedores falaram sobre como é encontrar ídolos (4:05)

A MIBR anunciou no dia 13 de Setembro a saída dos jogadores Epitácio "TACO" de Melo e Fernando "fer" Alvarenga, e do treinador Ricardo "Dead" Sinigaglia de sua line-up de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO). Mas somente na noite de ontem (26) a organização se pronunciou após a saída dos jogadores.

Através da conta oficial do Twitter da organização, Ari Segal, CEO da IGC, empresa que gere a MIBR, agradeceu o período em que os jogadores fizeram parte da equipe. “Primeiro eu gostaria de agradecer ao TACO, Fer e Dead por todo o comprometimento, não só no lado competitivo, mas por toda a marca do MIBR. Eles viveram o MIBR, eles sentiram a responsabilidade de realizar e cumprir os desejos e ambições da marca e de servir vocês, os fãs.”

No decorrer do vídeo, o dirigente também falou sobre o futuro da organização e a sequência da equipe no cenário. “Sabemos que precisamos passar por mudanças mais profundas. Estamos trabalhando diariamente em planos para recriar e remodelar o nosso elenco. Nós nos comprometemos, com certeza em ter manter informados sobre todo o desenvolvimento conforme as coisas forem acontecendo”, prometeu Ari.

Veja o vídeo na íntegra abaixo:

Em 13 de setembro, a organização dispensou fer, TACO e dead. Horas depois, FalleN veio a público anunciar que, por decisão própria, seria movido para o banco de reservas. Movimento necessário para que ele pudesse pensar nos próximos passos na carreira.

Na época, TACO apenas optou por lembrar que a decisão foi tomada exclusivamente pela organização. A MIBR manteve em sua line-up os jogadores FalleN, Vito "kNgV-" Giuseppe e Alencar "trk" Rossato.