<
>

Derrota, classificação e críticas: FURIA avança aos playoffs da Pro League de CSGO

play
Guerri critica 'Fla-Flu' das torcidas na rivalidade entre FURIA e MIBR pelo CSGO: 'É muito agressivo' (4:41)

Técnico da FURIA avalia excessos que partem dos torcedores, mas vê comunidade amadurecendo (4:41)

Nesta terça-feira (22), a FURIA carimbou vaga aos playoffs da 12ª temporada da ESL Pro League. Mesmo sendo derrotada pela Chaos por 2 a 1, a classificação veio.

Acontece que mesmo avançando para a fase final, os Panteras sofreram fortes críticas por parte da torcida nas redes sociais.

A equipe brasileira começou a série com vitória por 16x8 na Nuke, em uma sólida apresentação. No mapa seguinte, porém, o desempenho não foi o mesmo e o time perdeu Inferno por 16x10.

O rendimento da FURIA caiu por completo na Overpass e a equipe amargou a derrota por 10x3.

Foi o segundo revés sofrido pelos brasileiros nesta temporada da ESL Pro League. A FURIA começou a season com um ritmo avassalador, chegando até mesmo a emplacar cinco vitórias consecutivas, mas perdeu essa invencibilidade para a 100 Thieves.

Mesmo com a derrota para a Chaos, a FURIA garantiu a segunda colocação. O resultado coloca os brasileiros para enfrentarem a Evil Geniuses pela final da chave dos vencedores já nesta quinta-feira (24), a partir das 14h (de Brasília).

COBRANÇA DA TORCIDA

A classificação não foi suficiente para poupar a FURIA de fortes críticas. As redes sociais de KSCERATO e do técnico Guerri receberam diversas mensagens cobrando o elenco após o declínio de rendimento diante da Chaos.

Muitos torcedores reclamaram que o time “entregou” após a vitória na Nuke. Outros cobram a queda de rendimento dos jogadores desde a derrota para a 100 Thieves.

Em seus perfis do Twitter, alguns membros do elenco chegaram a se posicionar logo após o revés para a Chaos. Guerri foi um deles.

O discurso de “resetar”, ou seja, deixar para trás o que aconteceu na fase de grupos e focar nos playoffs, também esteve nas palavras de Vini.

A cobrança por parte da torcida também se dá muito pelo histórico recente diante da Evil Geniuses. Os dois times já se enfrentaram em sete oportunidades, sendo que a EG, do técnico zews, levou seis confrontos.

A única vitória brasileira nesse clássico norte-americano, inclusive, se deu exatamente em meio a disputa da atual temporada da Pro League. Na ocasião, a FURIA levou a melhor por 2 a 0.