<
>

Por falta de visto, caçador da SK Gaming não estará no mundial de LoL se equipe alemã se classificar

Kim "Trick" Gang-yun, caçador da SK Gaming, não estará elegível para competir no Mundial da League of Legends de 2020 em Xangai se sua equipe se classificar, segundo fontes da liga ao ESPN Esports.

Se a SK se qualificar para o Mundial pelos playoffs da liga europeia de League of Legends (LEC), o planejamento é contar o jungler substituto Marc "Canee" Behrend, segundo as fontes. A equipe assinou um contrato com Canee até o final da temporada de 2021 no último dia 4 de agosto.

Em meados de julho, os dirigentes da LEC entraram em contato com todas as equipes participantes para obter cópias dos passaportes de seus jogadores e iniciar os primeiros estágios de verificação dos vistos chineses. Este ano, a Riot Games está tomando medidas adicionais para garantir que os jogadores, principalmente do Ocidente, sejam capazes de entrar no país devido ao surto global do novo coronavírus (COVID-19).

A Riot Games deve realizar o Mundial de LoL 2020 somente em Xangai, de 25 de setembro a 31 de outubro, em um ambiente batizado de “bolha”, semelhante ao da NBA e NHL.

A SK Gaming apresentou os passaportes de seus jogadores muito perto do final do prazo definido pela Riot e verificou que o passaporte sul-coreano de Trick está a seis meses antes de expirar. Para solicitar um visto para a China, o passaporte deve ter seis meses ou mais. Incapaz de alterar os prazos e conseguir tempo adicional para Trick visitar a embaixada sul-coreana em Berlim para uma renovação antecipada, a Riot disse à SK que Trick será inelegível se a equipe chegar ao Mundial.

No sábado, a SK Gaming se classificou para os playoffs da LEC no Split de Verão após uma temporada em que começaram mal, mas graças a mudanças no elenco de técnico, acabou se tornando candidata ao título. Se a SK terminar entre os 4 primeiros colocados nos playoffs de verão, terá uma vaga no Mundial, a primeira vez desde 2014. Trick deve jogar todo o restante da com a SK.

A SK Gaming e Riot Games não responderam aos pedidos de comentários do ESPN Esports.

A SK retornou ao cenário de League of Legends no final de 2018 após o rebaixamento em setembro de 2015. Uma das maiores organizações de esports da Alemanha, a SK Gaming recebeu investimentos da empresa proprietária da T-Mobile Deutsche Telekom e conseguiu uma franquia para fazer parte da LEC.

Antes de assinar com a SK, Canee competiu em vários circuitos amadores europeus com a organização alemã OP innogy eSport. A SK Gaming se interessou pelo jogador depois de avaliar que o jungler de sua equipe Academy, Gerrit "Phrenic" Stukemeier, seria incapaz de acompanhar os melhores caçadores no cenário mundial, disseram as fontes. A SK enfrentará o Schalke 04 Esports na primeira série dos playoffs de verão na sexta-feira (21).

Texto publicado originalmente no ESPN Esports.