<
>

GC Masters: Após susto na estreia, W7M quer pegar BOOM na sequência

play
CSGO: "É gratificante sentir o carinho do público de perto", afirma FalleN durante Encontro das Lendas (4:05)

Cold e fnx também comentaram o sentimento de rever a torcida do MIBR, enquanto torcedores falaram sobre como é encontrar ídolos (4:05)

Uma das favoritas na disputa da quinta edição da GC Masters, a W7M confirmou esse status na estreia e venceu a Asterius por 1 a 0. Com o resultado, a equipe avançou para a decisão do primeiro lugar do grupo A.

Ainda assim, os Búfalos levaram um susto inicial diante do time que é considerado azarão da chave. A Asterius não só abriu boa vantagem no mapa disputado, como ainda encerrou a primeira metade com 10x5 nas parciais.

A reação por parte da W7M já estava acontecendo, mas foi confirmada na virada de lados. No fim, a equipe venceu por 16x12.

Na entrevista coletiva logo após o duelo, skullz acabou explicando porque o favoritismo do time demorou para entrar no servidor. “A Asterius joga muito diferente do estilo que estamos acostumados a jogar contra. Tanto em treino como em campeonato.”

“A gente acabou sendo surpreendido ali no começo do nosso CT. Pro final, conseguimos alguns rounds que ajudaram a fechar o jogo, mas é isso: não estamos tão acostumados a jogar com uma equipe tão agressiva como a Asterius”, ressaltou.

REVANCHE

Com o resultado positivo, a W7M fica no aguardo do vencedor entre BOOM Esports e Vivo Keyd. Dessa forma, ainda nesta quinta-feira (30), a partir das 20h (de Brasília), a equipe disputará a primeira vaga rumo aos playoffs do “Major brasileiro”.

Questionado se teria como preferência enfrentar a VK já que é uma adversária recorrente por conta do CLUTCH, skullz apontou para outro oponente. “Gostaria mais de enfrentar a BOOM. A gente teve a chance de jogar o Minor e não foi um resultado muito bom”, relembrou.

“Agora estamos bem mais preparados. Tivemos mais tempo para treinar, então com certeza tem muito jogo para esse CS”, exaltou.

GC MASTERS

A quinta edição da GC Masters tem oito equipes na disputa pela maior parte da premiação total de R$ 60 mil. O campeão embolsará metade do valor.

Os times estão divididos em dois grupos, sendo que os dois melhores avançarão para os playoffs. A fase classificatória conta com partidas MD1 e MD3, mas os playoffs serão todas no formato MD3.

Por conta da pandemia do novo coronavírus (COVID-19), os jogos são online e ocorrem entre 30 de julho e 2 de agosto.

A competição, conhecida também como o “Major brasileiro”, é organizada pela Gamers Club, a principal plataforma de campeonatos de esports do Brasil.