<
>

Paul 'Redeye' Chaloner vai se afastar dos esports em meio a acusações de abuso

Paul "Redeye" Chaloner, veterano apresentador, vai se afastar dos esports e renunciará ao seu cargo de diretor-gerente da agência Code Red Esports em meio a alegações de abuso e chantagem, segundo anúncio feito nesta segunda-feira (29) no Twitter.

A notícia é veio a tona depois que James Banks, colega de transmissão de Redeye, divulgou um documento no último sábado (27), alegando que Chaloner e o executivo da Code Red, Luke Cotton, ameaçaram chantageá-lo se apresentasse alegações de abuso de poder no local de trabalho.

Banks e Chaloner trabalharam juntos quando a Gfinity - onde Chaloner assumiria a função de principal apresentador - contratou Banks para comentar os eventos. Banks alega que Chaloner deu um soco em um colega, se envolveu em abuso verbal e usou sua posição para prejudicar outros talentos dos esportes eletrônicos. Chaloner negou todas as alegações, enquanto Cotton admitiu as ameaças a Banks e pediu desculpas por fazê-lo.

No final de semana, Banks divulgou documentos judiciais sobre um caso entre Chaloner e sua ex-mulher, em que ela alegou, e suas filhas, terem sofrido abusos. Chaloner foi considerado inocente nesse caso. A exposição desses documentos levou à retirada de Chaloner da indústria, segundo seu post na segunda-feira.

"Após os ataques feitos a minha pessoa nos últimos dias, decidi me afastar dos esports", disse Chaloner. "Eu teria sido capaz de lidar com todas as coisas que foram apontadas contra mim (uma mistura de verdades, meias verdades e mentiras), mas quando meus filhos foram arrastados para isso, foi além de qualquer ataque razoável e se tornou cruel”.

"Além disso, gostaria de oferecer um pedido de desculpas àqueles que não tratei muito bem. Nunca pretendi incomodá-lo e espero que você tenha uma carreira longa e bem-sucedida. Tudo isso tem sido revelador para mim e é algo que vou trabalhar duro para melhorar, mesmo estando fora dos esports".

Chaloner é um dos mais antigos talentos em transmissão de esports e, com o crescimento da indústria, ele se destacou particularmente em Dota 2. Figura recorrente no The International - o evento anual mais importante de Dota, que geralmente oferece prêmios superiores a US$ 20 ou mais milhões - Chaloner é um dos maiores nomes do cenário desde 2002.

Além de seu trabalho como apresentador, Chaloner colaborou na fundação da Code Red em 2016, com foco em consultoria e gerência de talentos. A Code Red tinha um contrato com a London Spitfire, equipe da Overwatch League, para ajudar a organização Cloud9 a expandir seu alcance no Reino Unido, onde Chaloner e muitos de sua equipe estão sediados. Há um mês, Chaloner também lançou um livro, intitulado "This is esports (And How Spell It)", uma biografia sobre transmissão de esports, publicada pela Bloomsbury Publishing.