<
>

Furia não é páreo para Gen.G e fica com o vice da DreamHack Open Anaheim de CS

Furia perde para Gen.G na final e fica com o vice da DreamHack Open Anaheim HLTV.org

Logo no confronto valendo o título, infelizmente, a Furia conheceu a primeira e única derrota na DreamHack Open Anaheim. A equipe brasileira não conseguiu supererar Gen.G, na madrugada desta segunda-feira (24), e ficou com o vice-campeonato da primeira edição do torneio que é realizada na cidade dos Estados Unidos.

A derrota aconteceu poucas horas após a Furia "vingar" o MIBR. Para chegar na decisão, o time de arT precisou derrubar compLexity na semifinal - equipe que não só venceu FalleN e companhia duas vezes, como também foi a responsável por elimina-los do torneio.

Apesar do vice-campeonato, a Furia sai de cabeça erguida de Anaheim. Prova disso foi a campanha que a equipe fez na Fase de Grupos, a qual terminou sofrendo apenas dez rounds nas vitórias sobre Endpoint e North, respectivamente. Na semifinal, os Panteras começaram perdendo, contudo, com muita garra, conseguiram virar pra cima do compLexity.

O título da DreamHack Open Anaheim garante à Gen.G o prêmio US$ 50 mil e vaga direta na DreamHack Masters Jönköping, competição que está marcada para acontecer em junho, na Suécia.

Lembrando que está edição da DreamHack Open marcou o retorno de FalleN, fer e taco a série de campeonatos. Desde 2017 o trio que vem defendendo o MIBR não disputava um torneio do tipo. A última aparição foi na DreamHack Summer daquele ano, na qual os atletas, defendendo o SK Gaming, foram campeões. Um pouco antes, em 2016, os três participaram de duas etapas junto à Luminosity Gaming: Leipzig e Austin, respectivamente, nas quais foram vice-campeões e campeões.

DUELO VERSUS GEN.G

Gen.g começou o primeiro mapa, Nuke, melhor, vencendo os três primeiros rounds. Mas, rapidamente, a Furia conseguiu empatar. Com um CT sólido os norte-americanos voltaram a ficar a frente e venceram a primeira metade por 10 a 5. S0m e companhia mantiveram o ritmo de TR e fecharam o jogo em 16 a 7.

O duelo seguiu para Inferno, escolha da Gen.G. A equipe, inclusive, começou bem o mapa abrindo 5 a 2 sem muita dificuldade. Conseguindo controlar a Furia, o time norte-americano administrou a vantagem para fechar a primeira metade por 10 a 5. Precisando do resultado para forçar o mapa de desempate, os Panteras reagiram e até chegaram a encostar no placar. Contudo, o quinteto liderado por daps foi cirúrgico nos momentos finais e fechou a partida em 19 a 15, com direito a prorrogação.

O CAMPEONATO

Pela primeira vez a cidade norte-americana de Anaheim está recebendo uma edição da DreamHack Open, torneio este que começou nesta sexta-feira com a participação de oito equipes e premiação de US$ 100 mil.

Grupo A: Endpoint, forZe, Furia e North
Grupo B: compLexity, Ence, Gen.G e MIBR

Os participantes foram divididos em dois grupos e vão se enfrentar no sistema de eliminação dupla, com os confrontos iniciais sendo melhor de um (md1) e os demais, melhor de três (md3). Os dois melhores times de cada chave avançam para o mata-mata.