<
>

MIBR volta a perder para coL e dá adeus à DreamHack Open Anaheim de CS sem chegar ao mata-mata

DreamHack Open Anaheim foi mais um campeonato que MIBR caiu antes do mata-mata Jak Howard / Blast Premier

O retorno do trio formado por FalleN, fer e Taco a uma DreamHack Open não terminou com um final feliz. Poucas horas depois de ganhar sobrevida na competição após despachar Ence pela rodada de abertura da repescagem, já neste domingo (23), o MIBR acabou dando adeus a primeira edição do torneio que vem sendo realizada em Anaheim, nos Estados Unidos. Algoz da estreia, compLexity também foi o responsável pela eliminação da equipe comandada pelo Verdadeiro.

FalleN, fer e Taco não disputavam um torneio da série DreamHack Open há pouco mais de dois anos. A última aparição do trio num campeonato do tipo aconteceu em 2017, quando os jogadores ainda vestiam a camisa da SK Gaming. Na ocasião, foram campeões da DreamHack Summer. Um pouco antes, em 2016, os três jogadores participaram de duas etapas junto com Luminosity Gaming: Leipzig e Austin, respectivamente, nas quais foram vice-campeões e campeões

A Furia passa a ser o único representante do Brasil ainda com chance de título em Anaheim. A equipe fez bela campanha na Fase de Grupos, conseguindo se classificar para o mata-mata após "golear" Endpoint e North em sequência. O adversário dos Panteras no confronto que vale vaga na decisão, inclusive, já está definido. Será o coL, em duelo marcado para começar às 19h (de Brasília) deste domingo.

COMO FOI A ELIMINAÇÃO DO MIBR

A vitória na Nuke sobre Ence empolgou a equipe brasileira a ponto de escolher o mapa para abrir o duelo versus coL. Ideia esta que se mostrou péssima com o decorrer do jogo, que começou com compLexity conseguindo marcar oito pontos em sequência e fechar a primeira metade com incríveis 14 a 1 sem qualquer dificuldade. O MIBR chegou a vencer um round no lado final, mas que de nada adiantou porque o adversário fechou o jogo em 16 a 2.

A série seguiu para Dust 2, escolha do compLexity e que também começou com o time liderado por blameF abrindo vantagem logo de cara. Desta vez, MIBR conseguiu marcar mais pontos na primeira etapa em comparação com o mapa anterior, mas foi compLexity que virou de lado vencendo: 10 a 5. FalleN e companhia até tentaram reagir, contudo nada que o time fazia se mostrou eficiente para parar o adversário, que fechou o jogo em 16 a 9.

O CAMPEONATO

Pela primeira vez a cidade norte-americana de Anaheim está recebendo uma edição da DreamHack Open, torneio este que começou nesta sexta-feira com a participação de oito equipes e premiação de US$ 100 mil.

Grupo A: Endpoint, forZe, Furia e North
Grupo B: compLexity, Ence, Gen.G e MIBR

Os participantes foram divididos em dois grupos e vão se enfrentar no sistema de eliminação dupla, com os confrontos iniciais sendo melhor de um (md1) e os demais, melhor de três (md3). Os dois melhores times de cada chave avançam para o mata-mata.