<
>

LoL: De saída da paiN, esA afirma que dará seu '150%' na final da Superliga

esA se despedirá da paiN na final da Superliga 2019 BBL Esports

A final da Superliga ABCDE 2019 acontecerá no próximo sábado (14) na BBL Arena, entre os times de LoL da paiN e Prodigy, dominantes ao longo do campeonato. A série melhor de cinco marcará a última aparição da line up atual da paiN — e a despedida da bot lane de esA e Matsu.

Em entrevista ao ESPN Esports Brasil, o suporte esA afirmou que, mesmo de malas prontas, seu foco é no título. “A gente já conversou internamente com a equipe e com a organização, e eu acho que seria muito legal conseguir esse título como ‘saideira’”, conta. “Eu gostaria de sair de cabeça erguida do time, e esse título é muito importante”, diz.

O jogador afirma estar tranquilo sobre a despedida. “Não é porque eu estou de saída do time que eu não vou dar meu máximo. Darei meu 150% pra fazer a melhor série possível no dia 14”, crava.

MUDANÇAS EM 2019

esA comenta seus aprendizados em 2019 ao discorrer sobre o balanço de seu tempo na paiN. “Quando eu saí do Flamengo pra entrar na paiN, foi um grande desafio”, relembra o suporte, que foi finalista do CBLoL 2018 pelo rubro-negro.

“A paiN não estava em uma situação muito boa na época. Eu entrei como reforço no finalzinho da Superliga [2018] e por pouco não fomos campeões. Durante o Circuito [Desafiante] foi bem tranquilo, não lembro da gente tendo muita dificuldade; o time estava entrosado, estávamos conseguindo ir bem no campeonato”, resgata.

O suporte, no entanto, define a chegada aos tropeços da paiN ao CBLoL como um “baque”. “Não conseguimos nos adaptar rápido o suficiente e acabou que não conseguimos nos classificar para os playoffs. Acho que por conta desse resultado, a Superliga está sendo bem importante pra nossa equipe — não para a paiN mas pra esse grupo [Yang, Minerva, Tinowns, Matsu e esA], sair com a vitória e com a taça é importante”, confessa.

esA finaliza a entrevista agradecendo à torcida da paiN, que, de acordo come ele, sempre o apoiou. “Eles gritam muito meu nome aqui [no estúdio] e eu fico muito feliz. Sinto que, independente do meu futuro, eles vão me apoiar. Claro que nao contra a paiN”, ele brinca, “mas que eles vão continuar me apoiando com mensagens positivas. Então eu só tenho a agradecer”, diz.

Os rumores apontam para que o suporte integre a bot lane da Havan Liberty no Desafiante 2020, mas esA ainda não foi anunciado pela equipe de Brusque.