<
>

Nekiz vai substituir Tatazin na paiN de CS; troca é prevista com multa no Clutch

NEKIZ vestiu a camisa da Luminosity por dois anos HLTV.org

Uma das finalistas da primeira temporada do Brasileirão de Counter-Strike: Global Offensive, a paiN Gaming pode aparecer no decisivo confronto diante Red Canids com uma grande novidade. O ESPN Esports Brasil apurou que a equipe está em negociação avançada para fechar com NEKIZ, que entraria no lugar de tatazin.

Como NEKIZ estava há dois anos competindo nos Estados Unidos, a contratação do jogador faz parte do planos do clube em se mudar para o cenário norte-americano conforme mostram as informações obtidas pela reportagem. O desejo do clube é contar com a presença do brasileiro para a decisão contra a Red e para a disputa do GamersClub Masters.

O possível acerto de NEKIZ com a paiN também foi noticiado pelo SporTV.

A possibilidade da paiN se mudar para os EUA a fim de competir, inclusive, já foi admitida por integrantes do time. À reportagem no final de outubro, após o título da LA League, Biguzera afirmou que “o time tem o projeto, sim, de ir [para os Estados Unidos], só que ainda falta um pouco da gente no Brasil”.

A mudança de País, contudo, depende da situação dos vistos dos jogadores da paiN. Land1n é o único do time que não está com a documentação em dia e a possibilidade do atleta deixar a equipe existe, de acordo com apuração feita pelo ESPN Esports Brasil e também noticiado pelo Draft5, em outubro.

Caso NEKIZ realmente feche com a paiN, trata-se do retorno do jogador ao clube. A primeira passagem do atleta aconteceu de março a julho de 2017. Desde então, o brasileiro vinha vestindo a camisa da Luminosity Gaming, time o qual deixou no mês passado após a organização norte-americana dispensar todo o elenco.

PAIN PODE SER MULTADA PELA MUDANÇA

O regulamento do Clutch, o qual o ESPN Esports Brasil teve acesso, permite mudanças no elenco durante o circuito. Contudo, por ser um período fora da Janela de Transferências criada, a modificação fora da hora é passível com multa.

As regras do circuito promovido por BBL Esports em conjunto com a Gamers Club falam que os participantes do Clutch podem fazer mudanças nos elencos de 3 a 20 de outubro, quando a Janela de Transferências está aberta. Qualquer modificação realizada fora desse período pode acarretar em três tipos de multa: R$ 3 mil para os participantes que adicionarem um jogador; R$ 6 mil para a adição de dois atletas e R$ 10 mil, para três.

Além disso, de acordo com o regulamento, no período referente a Janela de Transferência fechada, os participantes do Clutch só podem adicionar jogadores que são "Free Agent", isto é, os atletas que não disputam as competições que integram, que são sete de acordo com o Livro de Regras: Brasileirão, LA League, LAN League, LAS League, Gamers Club Masters, Liga Dell e Brazil Premier League.

É importante mencionar ainda que, segundo o regulamento, os participantes do Clutch "podem fazer quantas mudanças forem necessárias durante a Janela de Transferência, desde que mantenha a maioria do time. Entende-se como maioria do time, no mínimo quatro jogadores registrados".