<
>

Circuitão: Campeão pela ProGaming, fNb ressalta proatividade e comemora retorno ao CBLoL

Francisco Natan "fNb" Braz, jogador de League of Legends da ProGaming Saymon Sampaio/BBL

“Já caiu a ficha que vocês ganharam?”

“Não, ainda não”, confessa fNb, com um sorriso, na sala de imprensa da BBL Arena. O top laner da ProGaming venceu a Vivo Keyd por 3 a 1 na final do Circuito Desafiante, neste sábado (17), consagrando-se campeão e garantindo seu retorno ao CBLoL após a campanha de rebaixamento no primeiro split.

O top laner exibia a satisfação em seu sorriso, mas assumiu, em entrevista ao ESPN Esports Brasil, que “o melhor de tudo é não perder. “Eu sempre falo para todos os companheiros que jogo: você ganha para não perder, porque perder é muito ruim. Você se sente um lixo, sabe?”, confidencia, com a humildade de quem volta à crescente depois de uma dolorosa queda.

RETORNO AO CBLOL

“É legal e recompensador”, afirma fNb sobre trazer seu time de volta à elite. “Eu estava no elenco que caiu. Subir no split seguinte dá uma sensação de ‘eu poderia ter feito mais na época’, mas não houve encaixe no time. Acho que não nos dedicamos como deveríamos. Subir depois de ter rebaixado a equipe é um alívio”, desabafa.

Na contramão de times como paiN, Team One e Red Canids, que passaram ao menos um split na segunda divisão antes de retornar à primeira, a ProGaming sobe com assertividade após uma curta passagem. O top laner reforça que o resultado é reflexo direto do esforço dos membros do time, que tinham o plano de “dar seu 100% para chegar à final”.

“A vontade do time atual é bem maior”, avalia, comparando a escalação com a da etapa anterior. “Somos bem mais proativos. Se o jogo está ruim, não ficamos apáticos. Era algo que acontecia muito no time anterior”, diz fNb, que refere-se ao título recém-adquirido como recompensa.

FNB VS NOSFERUS

Ao final de 2018, o top laner enfrentou seu primeiro auge ao classificar-se para a semifinal da Superliga ABCDE pelo Santos eSports. Na ocasião, o mid laner Nosferus era seu companheiro de equipe. Oito meses depois, os dois se enfrentaram na final do Desafiante — em que, apesar da disputa acirrada, fNb foi o vencedor.

“Enfrentar o Júlio [Nosferus] é muito difícil”, diz Natan. “Apesar da champion pool dele não ser muito vasta, ele é muito bom com os campeões que escolhe. É um cara que tem meu respeito”, afirma, exaltando o mid laner que foi referência para sua equipe na campanha que culminou no vice-campeonato.

“É triste ter que tirar um cara que você gosta, mas eu acho que ele tem condições de subir pela Série de Promoção. Foi um jogo difícil, e é legal enfrentar um ex-companheiro que você considera”, comenta.

Júlio, agora, busca enfrentar fNb pela primeira divisão através da Série de Acesso, que será disputada contra a CNB no dia 21 de setembro. Para ele, as chances da Vivo Keyd são altas.

“Eu desconheço a situação da CNB. Mas se eles mantiverem o mesmo jogo da última rodada do CBLoL, [a ProGaming] é um desafio muito maior para a Keyd do que eles”, finaliza.