<
>

Para ViniZx, partidas finais da Pro League "serão as mais difíceis que vou jogar até hoje"

Equipe de Free Fire da LOUD. Reprodução

"Serão as partidas mais difíceis que irei jogar até hoje". É desta forma que ViniZx resumiu as expectativas da LOUD para a disputa da fase final da segunda temporada da Pro League de Free Fire.

O jogador e o companheiros mostram que estão confiantes para brigar pelo título. "Vou dar o meu melhor para a LOUD ir longe no campeonato", afirmou Bradoock em entrevista ao ESPN Esports Brasil.

Questionados sobre quais times acham que vão dar trabalho nessa segunda fase da Pro League, praticamente todos os integrantes da LOUD desconversaram. "Todos esses times treinaram e buscaram sua classificação. Todos estã aqui pois trabalharam duro", opinou MOB-. O único que resolveu ser mais ousado foi ViniZx, que acha que Black, New X, Los Grandes, INTZ e Red são os adversários para se ter cuidado.

A LOUD terminou a primeira fase da Pro League em terceiro lugar do Grupo A com um total de 2430 pontos. MOB- apontou que que o time aprendeu tudo o que era de essencial na Fase de Grupos: "Ser uma equipe, estudar os times e nunca subestimar nenhum jogador. A Pro League trouxe muitas surpresas e experiência, mas não só para o meu time".

Já Bradook revelou que aprendeu "que às vezes precisamos sair do padrão, usar táticas totalmente diferentes do normal para conseguirmos melhorar nossa colocação na tabela". Enquanto Coringa afirmou que, "independente de habilidade, entrosamento é essencial em um time”.

Para a fase final da Pro League, o jogador disse que a equipe realizou "treinos diários e análises de estratégia". ViniZx apontou que a equipe jogou "salas personalizadas para melhorar nosso entrosamento", enquanto Bradook deixou claro que os integrantes da LOUD também treinaram "bastante o individual de cada um".

“Treinamos toda a noite após nossos afazeres. Temos muitas obrigações dificultando nosso tempo para treino, mas mesmo assim corremos atrás do nosso objetivo” finalizou MOB-.

--

FINAIS DA SEGUNDA TEMPORADA

A segunda temporada da Pro League de Free Fire chega ao fim neste sábado (20), com 12 das melhores equipes do Brasil em São Paulo duelando entre si para ver quem ficará com a maior fatia dos R$ 35 mil em prêmios.

Campeã da última edição, a Red Canids entra na competição diretamente na fase final junto com INTZ e Vivo Keyd. Já Brabox Team, Ice Death, LENDÁRIOS, LOS GRANDES, LOUD, NEW X, RyZe United, STARS e Warriors LINE foram as melhores equipes da fase de pontos da segunda temporada.