<
>

Das cinzas à glória: Shanghai Dragons vence a Fase 3 da Overwatch League

Jogadores da Shanghai Dragons comemoram a vitória por 4 a 3 sobre a San Francisco Shock na final da Fase 3 Robert Paul/Blizzard Entertainment

Shanghai Dragons é a grande campeã da Fase 3 da Overwatch League.

Se você dissesse isso para um torcedor da Dragons em 2018, ele provavelmente teria olhado para você e te acharia maluco – talvez até recuasse alguns passos para não ser “infectado” por sua loucura. A sequência de 42 derrotas de Shanghai, que começou na temporada inaugural da liga e durou até a 2ª semana da Fase 1 deste ano, provavelmente continuará sendo a maior sequência de derrotas nos esports por um bom tempo.

Antes da temporada de 2019, porém, o novo integrante da Dragons, o tanque Jin "Youngjin" Young-jin, disse que este ano seria completamente diferente. Não seriam a mesma Shanghai Dragons de outrora. A equipe, que entrou na 2ª Temporada com a maioria dos jogadores da Kongdoo Panthera, fez as pessoas esquecerem a série de derrotas e se concentrarem em seus pontos fortes.

À medida que a temporada entra em sua última fase, a Shanghai derrubou os três principais times da liga a caminho da vitória no Fase 3 – tudo isso sendo a oitava colocada.

A marcha dos playoffs foi uma conquista notável não apenas para a Dragons, mas também para os jogadores que compõem o núcleo de seu elenco da 2ª Temporada. A seguir, você confere o que esta vitória significa, não apenas para os torcedores e outros que sofreram com o início da equipe em seu 0-42, mas também para os jogadores que ajudaram a transformar a sorte da Dragons.

Ex-jogadores do Kongdoo tiveram sua tão desejada vingança

De volta às finais da segunda temporada da Contenders sul-coreana, a Kongdoo Panthera foi varrida pelo time da RunAway, que mais tarde se tornou o elenco da Vancouver Titans - um time que assombrou a Overwatch League e ficou invicta na temporada regular até o meio da Fase 3.

Quatro dos principais jogadores de Shanghai - Youngjin, Yang "DDing" Jin-hyeok, Yang "Luffy" Seong-hyeon e Son "CoMa" Kyeong-woo - estavam nessa formação da Kongdoo Panthera. Eles deixaram a equipe que lhes negou a coroa da 2ª Temporada do Contenders e transformou sua partida semifinal contra a Vancouver em um aquecimento para o domingo contra San Francisco.

"Kongdoo foi dividida no final da temporada, enquanto RunAway permaneceu como um time e transferida para Titans", disse o suporte CoMa após derrotar Vancouver. "Como resultado, chamo isso de uma forma de vingança. Eu era capaz de pensar que, embora tenhamos perdido nas fases de grupos, o fato de termos vencido no palco principal, o maior, significa muito para mim ".

Shanghai Xangai conquistou Havana de San Francisco Shock na final, depois de alcançar 3 a 0 no placar, os fãs de Kongdoo sentiram um calafrio familiar. Veio Dorado, e com ela um sentimento de angústia, até que Shanghai finalmente conseguiu a vitória, tirando da arena de um pavor de reviravolta. Kongdoo Panthera pode não existir mais, mas seus fãs podem ficar felizes com a vitória de Shanghai.

Luffy finalmente se torna um campeão

Durante seu tempo com a Kongdoo, Luffy esteve em várias finais e foi vice-campeão em todas elas, incluindo a derrota para a RunAway.

Contra New York Excelsior, Vancouver Titans e San Francisco Shock, a Ana de Luffy foi fundamental para o sucesso de sua equipe, já que Shanghai encarou as melhores equipes do campeonato. Em vários momentos importantes, foram os Danos Soníferos e Granadas Bióticas de Luffy que viraram as lutas em favor de Shanghai. Sua eficiência com Ana lhe valeu o “jogador da partida” na semifinal contra Vancouver.

Agora ele é finalmente um campeão.

"Ainda não ‘caiu a ficha’, porque pensei que sempre seria o segundo e nunca teria uma chance de vencer", disse Luffy. "Então, ainda estou em um ponto em que não acredito que vencemos".

A jornada nos esports de Gamsu atinge outro nível

É difícil pensar neste time sem o tanque Noh "Gamsu" Yeong-jin, mas Gamsu não começou a temporada na Dragons. Ele foi negociado no início da temporada da equipe de Boston Uprising para Dragons, depois que o tanque principal de Shanghai, Lee "Fearless" Eui-seok, voltou para casa devido a problemas de saúde. Desde então, Gamsu ajudou a Shanghai Xangai à sua primeira vitória, sua primeira aparição nos playoffs e seu primeiro título.

No ano passado, Gamsu admitiu que ele quase se aposentou dos esports depois de um período malsucedido na equipe de League of Legends da Fnatic. Ele entrou em Overwatch enquanto crescia em popularidade no cenário sul-coreano e estabeleceu um desafio “auto imposto”.

"Minha mentalidade não estava muito boa", disse Gamsu. "Estava sentindo meus fracassos e fugindo dos desafios. Eu estava com medo de jogar. Então disse que, se conseguisse um posto alto no rank, teria que considerar, e acho que consegui".

Radiante no palco e na conferência de imprensa após a partida de domingo, Gamsu, como Luffy, finalmente tinha um título para chamar de seu.

"Esta é a minha primeira conquista neste cenário", disse, "e é difícil transformar em palavras, além de dizer que estou muito feliz".

Mudanças de paradigma na Overwatch League

San Francisco Shock foi finalista em todas as fases deste ano e viu Shangai ser de longe o confronto mais difícil que havia enfrentado em qualquer final, incluindo a derrota na Fase 1 para Vancouver e a vitória sobre Titans na Fase 2.

"Esta foi a final mais difícil que já jogamos", disse Matthew "Super" DeLisi, tanque principal do Shock. "Foi diferente. Ninguém joga com Doomfist tanto quanto eles. Contra Vancouver, as duas vezes em que jogamos, sabíamos o que esperar, mas acho que com Shangai, foi um pouco estranho. Tivemos que nos adaptar mais do que qualquer uma das finais anteriores".

Em Oasis, Shock executou uma variante de DPS na sua linha usando Yoo "Smurf" Myeong-hwan, Kwon "Striker" Nam-joo e Park "Architect" Min-ho. Em outros mapas, Shock adotou uma estratégia Orisa-Roadhog para combater o Pharah de DDing, fazendo uso do fenomenal do Roadhog controlado por Choi "ChoiHyoBin" Hyo-Bin.

"A coordenação deles com três DPS é realmente insana", disse Grant "Moth" Espe, de Shangai. "Nós não poderíamos vencê-lo com outras composições que usamos antes - como muitas vezes, nós superamos o DPS com Baptiste-GOATS com muita facilidade. Nós lutamos desde o início com isso, e funcionou em certos mapas, mas não em outros, apenas com base em quão bem eles coordenaram suas investidas".

Anteriormente, Shock era excelente em forçar os oponentes a se curvarem a seus caprichos e adotar uma estratégia tripla, no qual San Francisco permanece inigualável. Nas finais da Fase 3, Shangai forçou Shock a se adaptar.

Acima de tudo, a Fase 3 foi uma transição. Independentemente de saber se a composição de dois tanques, dois DPS e dois apoios sobrevive para ser usada na Fase 4 daqui duas semanas, uma metamorfose mudou a Fase 3, permitindo composições Sombra-GOATS e mais aparência pesada de DPS.

Não há equipe que represente melhor a Fase 3 do que sua vencedora, a equipe Shanghai Dragons.