<
>

CNB comenta estreia e comunicação de Mental, novo jungler coreano

Mental, coreano estreante na CNB, após sua primeira partida no CBLoL Riot Games Brasil

A CNB prossegue evoluindo no CBLoL. O time fechou a sexta semana do campeonato no último domingo (7) com duas vitórias, sobre INTZ e Team One, e desafoga da lanterna absoluta, dividindo atualmente a sexta posição com a paiN.

A novidade do time para a última rodada foi a estreia do coreano Mental, novo caçador dos blumers. O jogador não teve experiência em alto nível no cenário competitivo sul-coreano, mas venceu em sua chegada ao CBLoL e recebeu elogios dos companheiros de time.

Em entrevista ao ESPN Esports Brasil, Mental confessou que sua maior preocupação com relação à sua chegada ao Brasil foi sobre a comida, por ser, “literalmente, do outro lado do mundo”. Com a ajuda do intérprete de coreano Han, o jogador afirma que, como gostou da culinária brasileira, “foi tranquilo”.

Mental não fala português e não domina inglês, o que faz com que ele necessite da presença do tradutor. Ainda de acordo com o jogador, o que é mais sentido por ele é a comunicação. “Fora isso, não tem muito o que sentir”, diz o jungler, sobre a primeira vitória no campeonato, acrescentando que está feliz com o resultado.

COMUNICAÇÃO

Em coletiva de imprensa após o jogo contra Team One, o técnico Turtle afirmou que a chegada do caçador impulsiona a melhora dos outros jogadores. “Nosso trabalho, tanto das lanes quanto da jungle, está evoluindo bastante, e isso faz com que a gente consiga ganhar jogos independentemente de quem jogue”, diz o treinador.

Duclou, top laner do time, comentou a adaptação do coreano, dizendo que ele está se adaptando “muito bem”. “A gente tem pessoas extrovertidas dentro da casa, e ele acabou aceitando isso muito bem, ele está entrando na brincadeira. Ele também está correndo atrás, quer aprender português, ainda não consegue porque é difícil, mas está tentando se enturmar”, relata.

O treinador acrescenta: “Ele surpreendeu a gente quando chegou na gaming-house, porque já começou conversando com a gente. No primeiro dia, já conversamos umas 5 horas seguidas. (...) Diferente dos [coreanos] que passaram por aqui, ele é brincalhão, extrovertido e brinca com todo mundo.”

PRIMEIRAS IMPRESSÕES

Para a ESPN, Duclou afirmou que, na primeira semana com o time, a contribuição de Mental tem sido o quanto o jungler comete poucos erros básicos. “Além dele conseguir fazer muito bem a função dele, ele consegue fazer com que os outros erros fiquem mais evidentes”, opina o jogador.

“Se um jungler erra e um laner erra, podem ser dois erros, e um pode ser a causa do outro. Se o jungler não erra e está onde deveria estar, dá para ver o erro da lane [de forma mais] evidente”, exemplifica.


A CNB está em sexto lugar na tabela do CBLoL, com 5 vitórias e empatada com a paiN Gaming. Na sétima semana do CBLoL, o time enfrentará a Redemption e a KaBuM, a fim de garantir uma colocação mais confortável no torneio.