<
>

Keyd quebra invencibilidade da Red e passa dividir liderança do Circuitão com a Matilha

Para segunda etapa de 2019, Vivo Keyd abandona as "Stars" e vem com metodologia focada em talentos Riot Games Brasil

A Red Canids não lidera mais sozinha a segunda etapa do Circuito Desafiante 2019. A equipe fechou a terceira semana da 2ª divisão do League of Legends brasileiro divindo a primeira colocação com a Vivo Keyd por conta da derrota sofrida para a oponente, nessa terça-feira (25), que culminou na quebra da invencibilidade.

O Circuito Desafiante nada mais é do que a 2ª divisão do League of Legends brasileiro e nele participam seis equipes que sonham em chegar ou retornar ao CBLoL. O campeão do Circuitão sobe direto para a 1ª divisão, enquanto o time que termina em segundo lugar recebe o direito de disputar a Série de Promoção contra o sétimo lugar da liga nacional em busca de uma segunda vaga.

Falkol, Havan Liberty, ProGaming, Red Canids, Rensga e Vivo Keyd são os participantes da segunda etapa deste ano.

COMO FORAM OS CONFRONTOS

A terceira semana começou com o embate entre Red e ProGaming, vencido pela Matilha com um Revolta participando de 28 dos 30 abates obtidos pelo time.

Depois de três derrotas seguidas, a Havan Liberty voltou a vencer no Desafiante. A vítima foi a Falkol num confronto que teve Sarkis jogando de Sona na posição de atirador e não sofrendo nenhuma eliminação.

Na sequência foi vez da Keyd derrotar a lanterna Rensga. Os Guerreiros não tomaram conhecimento da novata, fechando a partida em menos de 20 minutos. Destaques para mumus100, NOsFerus e Klaus por não terem morrido na partida.

Assim como na estreia, a ProGaming derrotou a Falkol na abertura do segundo turno. De Jarvan, Yampi foi o destaque da partida ao conseguir participar de 8 das 10 eliminações obtidas pelo time.

No confronto mais aguardado da semana, a Keyd não só vingou a derrota sofrida no início da competição, como quebrou a invencibilidade da Red e conseguiu alcançar a primeira colocação da tabela. Mais uma vez NOsFerus foi um dos destaques com eliminações importantes e não morrendo.

Mais uma vez a Rensga foi vítima da Havan. Liderada pelo combo de Gragas e Yasuo proporcionado, respectivamente, por Cariok e tockers o time conquistou a segunda vitória na semana e afundou ainda mais a novata na lanterna.