<
>

Novo time no Circuitão: Rensga Gaming negocia compra de vaga da OPK

OPK caiu para o Circuito Desafiante em 2017. Riot Games

Na Janela de Transferência válida para a segunda etapa do Circuito Desafiante 2019, as negociações não estão limitadas a compra e venda de jogadores. O ESPN Esports Brasil apurou que a Operation Kino (OPK) está perto de fechar acordo com a Rensga Gaming quanto a venda da vaga na competição.

As informações obtidas pela reportagem apontam que se trata de uma nova organização que pretende montar base em Goiânia. O clube está caminhando a passos largos na construção da formação, que seria comandada por WizardKira, ex-treinador assistente da Iron Hawks e que também trabalhou como analista da paiN Gaming na última temporada.

O ESPN Esports Brasil procurou a direção da OPK, que respondeu que preferia não comentar sobre o caso. A reportagem não conseguiu entrar em contato com os responsáveis da Rensga.

A Operation Kino ingressou no competitivo de League of Legends em 2016, quando recebeu a vaga na segunda etapa que pertencia à Jayob. A organização permaneceu na elite da modalidade até 2017, quando acabou sendo rebaixada para o Circuito Desafiante após perder para a INTZ Genesis na Série de Promoção válida para segunda edição daquele ano.

No Circuitão foram três participações. As duas primeiras, na última temporada, o time chegou a fazer boas campanhas durante a Fase de Classificação, mas bateu na trave no mata-mata. Já na edição que abriu o Desafiante 2019, o time não foi bem e precisou disputar a repescagem para se manter na 2ª divisão brasileira.