<
>

Em negociação com Havan, Tockers pode ser mais um a deixar Vivo Keyd

Tockers é mais um que pode deixar a Vivo Keyd Riot Games

Nos próximos dias, a Vivo Keyd pode sofrer outra importante baixa. Assim como Yang, micaO e Jockster, Tockers é mais um que pode estar de saída da equipe de League of Legends da organização. O ESPN Esports Brasil apurou que o jogador está negociando com a Havan Liberty Gaming para a disputa da próxima etapa do Circuito Desafiante. A possível transferência foi primeiramente noticiada pelo MPB Esports.

As informações obtidas pela reportagem indicam que a negociação entre as duas organizações está em estágio avançado, mas que nenhum acordo ainda foi fechado. Os clubes ainda possuem tempo para negociar tendo em vista que a Janela de Transferência do Circuitão se encerrará somente na semana do dia 20, diferente da do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL), que já chegou ao fim.

Se Tockers realmente deixar a Keyd, trata-se do ponto final do audacioso projeto iniciado pela organização em 2017 em reviver a formação que, atuando pela INTZ, conquistou três etapas do CBLoL e, por conta disso, recebeu o apelido da comunidade brasileira de Exódia.

O ESPN Esports Brasil procurou a Vivo Keyd, que respondeu o contato dizendo que, “como ainda estamos em Janela de Transferência no que diz respeito ao Circuito Desafiante, não comentamos especulações sobre o futuro dos jogadores”. Já a Havan não respondeu até a publicação da matéria.

O desmembramento do elenco começou ainda no ano passado, quando o único resultado expressivo foi o vice-campeonato na primeira etapa do CBLoL. Em dezembro, Revolta surpreendeu a todos ao decidir deixar a Keyd para assinar com a Red Canids. Passado a decepcionante campanha no início deste ano, que culminou na queda para o Circuitão, os outros quatro membros acabaram também deixando o clube.

Yang foi o primeiro a sair para reforçar a paiN Gaming, que retornou à liga profissional. Na sequência foi a vez de micaO e Jockster se separarem após muitas temporadas atuando juntos: o atirador retornou para a INTZ e o suporte foi negociado com a Redemption W7M, onde atuará ao lado do argentino WhiteLotus.