<
>

De virada, Liquid bate fnatic e fatura IEM Sydney de Counter-Strike

Stewie2k ajudou a Liquid a quebrar a maldição dos grandes torneios Divulgação / Team Liquid

Nitidamente a equipe de Counter-Strike: Global Offensive que mais bateu na trave na última temporada, a Team Liquid soltou um grito que tava engasgado ao término do IEM Sydney: o de campeão. Os norte-americanos faturaram o torneio, neste domingo (5), após derrotarem a fnatic na decisão por 3 a 2.

Trata-se do primeiro título da Liquid após as mudanças que culminaram na saída da dupla brasileira formada por TACO e Zews, e na entrada de Stewie2k e adreN. Esta também é a primeira vez que a equipe termina uma das competições consideradas de nível Mundial no degrau mais alto do pódio.

CAMPANHA

A Team Liquid dominou a competição de ponta a ponta. A equipe era uma das integrantes do Grupo A e estreou vencendo os asiáticos da B.O.O.T-dream[S]cape. Sem muita dificuldade, o time avançou para o mata-mata após duplo 2 a 0 contra BIG e Ninjas in Pyjamas (NiP).

Por ter sido “campeã” da chave, a Liquid entrou na Fase Eliminatória diretamente nas semifinais. A vítima da equipe norte-americana no duelo valendo a vaga na decisão foi o MIBR: 2 a 0 (16 a 10 na Mirage e 19 a 15 na Nuke).

DUELO FINAL

Fnatic foi quem abriu o placar da decisao com um 16 a 10 na Cache. A equipe sueca não deu chance aos norte-americanos em nehum dos lados. O revés, contudo, não abalou Stewie2k e companhia, que empataram a série com um 16 a 14 na Overpass.

A virada veio na Mirage. A Liquid começou o mapa perdendo, mas ainda no lado Contra-Terrorista conseguiu virar para fechar a partida em 16 a 8. Precisando da vitória para forçar a partida de desempate, a fnatic foi pra cima na Dust2, da qual saiu vitoriosa por 16 a 6.

No confronto derradeiro mas um placar elástico a favor da Liquid. Os norte-americanos dominaram a fnatic no lado Contra-Terrorista da Inferno com um 11 a 4 e fecharam o placar em 16 a 9.