<
>

Team oNe dá descanso a 4LaN e deixa em aberto caçador para série de Promoção do CBLoL

4LaN e Team oNe não vivem bom momento no League of Legends neste ano Riot Games

Um dos destaques da Team oNe no título da segunda etapa do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) 2017, o caçador Alanderson “4LaN” Meireles pode desfalcar a equipe no principal confronto da edição de abertura deste ano. Conforme apurou o ESPN Esports Brasil, o jogador não se encontra na gaming house da organização, em São Paulo.

Coordenador técnico da Team oNe na modalidade, Ednilson "Jukaah" Vargas confirmou à Reportagem, com exclusividade, que o jogador recebeu "um tempo agora para ir para casa e descansar", e deixou claro que a organização ainda não definiu quem será o caçador titular no próximo compromisso da equipe no CBLoL.

O jogador, inclusive, revelou nas redes sociais que está em Brasília, Distrito Federal. Numa postagem, 4LaN afirmou a um amigo que estará no Rio de Janeiro no próximo sábado (7), durante a Grande Final do CBLoL, e que pode retornar à capital do País e ficar até o 16 de abril - um dia após a série de Acesso, confronto que definirá os participantes da próxima etapa da liga profissional brasileira

"Como já falamos outras vezes, temos reservas para serem usados", afirma Jukaah ao ESPN Esports Brasil. O coordenador lembra ainda a última rodada da Fase de Classificação, quando a Team oNe utilizou tanto 4LaN como o caçador reserva João "Prb" Pedro Oliveira na vitória contra a ProGaming e-Sports. "Assim como a Prb jogou no primeiro jogo e o 4LaN no outro, pode ser a mesma coisa na promoção. Isso só depende da nossa estratégia e como vamos usar os jogadores", explica o executivo.

Quanto ao revezamento dos caçadores na rodada que fechou a temporada regular, a Reportagem apurou que a Team oNe tinha a intenção de utilizar Prb durante toda a série contra a ProGaming. Isso só não aconteceu por conta de problemas no envio da escalação que seria utilizada.

A informação foi confirmada por Jukaah ao ESPN Esports Brasil. “Na verdade, o Prb ia começar jogando e o segundo jogo ia depender de como a gente ia trabalhar para ele, mas teve um erro na escalação e o 4LaN começou a série". O executivo, contudo, não apontou quem errou, se foi a Team oNe ou a Riot Games.

Foi o resultado contra a ProGaming somada a derrota da paiN Gaming para a Red Canids que deu a atual campeã brasileira uma sobrevida na liga profissional. Se no fim da temporada passada a equipe encantou ao conquistar a competição uma etapa após vencer o Circuito Desafiante - como INTZ Genesis -, a Team oNe voltou a surpreender, mas de forma negativa, por conta do desempenho no CBLoL.

Com o atirador sul-coreano Han "Lactea" Gi-hyeon sendo a única novidade para a primeira etapa deste ano, contratado para ocupar a vaga deixada por Luis "Absolut" Felipe Carvalho, que foi para a INTZ, a Team oNe não conseguiu emplacar na liga profissional. Foram duas vitórias em sete séries disputadas e a sétima colocação na Fase de Classificação.

Do início ao fim da temporada regular, a equipe esteve presente na zona de rebaixamento, fugindo da queda direta para o torneio da 2ª divisão somente na última rodada. A Team oNe ainda tem mais duas chances para permanecer na elite.

A primeira é a série de Promoção, na qual enfrentará o perdedor de ProGaming e INTZ, no dia 14 de abril, às 16 horas (horário de Brasília). Caso saía derrotada desse confronto, a Team oNe ainda tem o direito de disputar a série de Acesso contra o vice-campeão do “Circuitão”, Flamengo eSports, no dia 15 de abril, às 15 horas. O vencedor desse duelo garante-se no próximo CBLoL.