<
>

Alonso dispara contra postura do governo espanhol em meio ao coronavírus: 'Continuamos atrasados'

Fernando Alonso, bicampeão mundial de Fórmula 1, disparou contra as autoridades da Espanha. Em publicação nas redes sociais, o piloto criticou o governo do país pela falta de medidas em meio à pandemia de coronavírus.

No texto, o espanhol compartilhou e reagiu a trechos do discurso do primeiro-ministro Pedro Sánchez, que foi a público na última quinta-feira (12) anunciar o primeiro pacote de medidas contra o Covid-19.

"Estou surpreso... Vamos reagir conforme evolua a emergência sanitária (Vai ser diferente na Espanha?) Que evitem sair de casa as pessoas com sintomas (E os outros? Vão a parques ou bares?) Que cada comunidade autônoma decida (Não movem um dedo)", escreveu o piloto.

"Continuamos atrasados em relação a outros países em termos de medidas, muitas pela metade. Vamos precisar de responsabilidade individual, não podemos entrar em colapso no serviço de saúde, não é apenas por não ficar doente, é por não infectar. Não é um assunto pessoal, é um esforço coletivo. Todo mundo", acrescentou.

Atualmente, há mais de 4 mil casos diagnosticados de Covid-19 na Espanha. O país é o segundo mais afetado pela doença na Europa, atrás da Itália. Ao menos 120 pessoas morreram.

Nesta sexta-feira, a Espanha declarou estado de emergência em todo o país por 15 dias.