<
>

Estrela do futebol dos EUA critica astro dos Warriors por fala sobre esporte feminino: 'Decepcionante'

Estrela do futebol dos Estados Unidos, Megan Rapinoe criticou o astro do Golden State Warriors, da NBA, Draymond Green. No último mês Green postou uma série de tweets onde "culpava" em parte as mulheres por "reclamarem" ao invés de agirem em busca de salários iguais aos homens.

Rapinoe, em coletiva nesta quarta-feira, criticou os tweets de Green, que chegou a até mencionar algumas atletas da WNBA.

"É uma pena Green, na posição que está, tento todos os recursos que ele tem e a habilidade de ter uma opinião mais educada, não ter isso. E também arrastar todas essas pessoas ao mencionar elas e falando isso na época que o torneio da NCAA estava rolando e tudo o que vimos foi falta de estrutura e investimento", disse Rapinoe.

"É frustrante ter essa opinião. Você obviamente se expôs em não entender o que falamos o tempo todo, jogadoras da WNBA e nós na seleção. Como o que Sue (Bird) disse, você marcou as pessoas erradas. Você acha que não pedimos mais dinheiro? Quer dizer, por que estamos gritando? Sem parar! É realmente frustrante. Nós sabemos dos movimento sociais e as pessoas marginalizadas, seja por raça, gênero, religião, sexualidade, não é só trabalho delas lutar contra a opressão. Nós precisamos de todas as pessoas. Então ter alguém que não saiba o que é se oprimido, de várias formas, é decepcionante", completou.

Green disse em uma série de tweets anteriormente: "Enquanto vocês discutirem o pagamento, enquanto a arrecadação for a mesma...eles vão continuar a apontar que a arrecadação não é alta suficiente para cobrir salários maiores. Isso é a realidade em quase todo negócio. Não há argumento para a falta de arrecadação a não ser que você faça aqueles que dizem estar do lado das mulheres de fato fazerem algo".

Green disse isso marcando as estrelas da WNBA como Bird, Diana Taurasi, Candace Parker, Skylar Diggins-Smith, Brittney Griner.