<
>

Torcedor da Ferroviária homenageia goleira Luciana com tatuagem na perna

play
Técnica da Ferroviária conta qual foi sua estratégia para bater Corinthians e elogia técnico adversário (1:11)

Tatiele ainda falou sobre a goleira Luciana, que defendeu um dos pênaltis e fechou o gol na partida (1:11)

Foi depois do título do Campeonato Brasileiro contra o Corinthians que Rafael Zocco decidiu homenagear Luciana, da Ferroviária. E não foi uma homenagem temporária: Rafael eternizou a goleira com uma tatuagem na perna.

Em entrevista para a TV Ferroviária, o torcedor disse que já queria fazer uma tatuagem para o clube. Ele pensou numa locomotiva e no Tadeu, um dos ídolos do time de Araraquara. Mas justificou muito bem a opção por tatuar Luciana.

“Acabei escolhendo a Luciana principalmente por tudo o que ela representou nessa temporada. [...] Principalmente no Brasileirão, que acabou sendo coroada com o título”, disse.

“Por ser uma mulher e ser negra também, representa muito para mim, porque queria dedicar para todas as mulheres, para todas as cores que representam um Brasil, um país latino e que, infelizmente, a gente não vive um momento muito legal quando se fala em racismo”, complementou Rafael.

Segundo o torcedor, a taca representa a comissão técnica, diretoria e toda população de Araraquara e a Luciana ‘foi a figura principal dessas conquistas’, afirmou. Rafael disse que, logo após o título, ele já sabia que tatuaria a goleira e enalteceu o pênalti que ela defendeu de Tamires.

“Pegar um pênalti na casa do adversário com uma torcida tão inflamada e vibrante como é a do Corinthians... Aquilo ali acabou fortalecendo ainda mais a minha ideia”, falou.

Luciana disse que fica feliz e emocionada com a homenagem e confessou que não acreditou quando viu, ficando trêmula. “Eu não sabia a dimensão disso porque não tinha nem noção do que era ser tatuada no corpo de uma pessoa”, disse a goleira.

Luciana foi eleita a melhor goleira da temporada pela Federação Paulista de Futebol e compõe a equipe desde 2017.

Melhor do mundo: o bandeirão

Durante a temporada, Luciana também recebeu um outro tipo de homenagem vinda de um torcedor que a fez chorar. Diego Coxi mandou fazer um bandeirão e pendurou na torcida durante a partida da ida da final do Campeonato Brasileiro.

A decisão de Diego foi tomada depois do jogo contra o Santos. “Ninguém acreditava. Elas saíram perdendo de 1 a 0 e empatamos e viramos. O gramado estava encharcado, falei para o meu pai que a Luciana ia pegar 2 pênaltis”, contou o torcedor.

“Eu já tinha visto uma bandeira do Tadeu, mas ela representa, depois do Bazzani, a melhor jogadora da Ferroviária de todos os tempos”, finalizou Diego.

O torcedor chegou atrasado no jogo e, durante o hino nacional, pendurou a bandeira. Foi então que Luciana viu. “Quando vi comecei a chorar. E aí virei de costas para a câmera, porque o jogo nem tinha começado. Iam olhar e pensar ‘o jogo nem começou, a final e a goleira já tá chorando? Já tá pipocando’”, disse a goleira, que também afirmou ter tido mais motivação graças a ela.

A Ferroviária venceu o Corinthians nas penalidades para ficar com o título do Campeonato Brasileiro. Na Libertadores, também enfrentando o Timão, ficou com o vice-campeonato.