<
>

Judoca Ketleyn Quadros conquista medalha de bronze no Grand Slam em Abu Dhabi

play
Kimono ou chuteira? Sarah Menezes revela habilidade nos gramados e paixão por jogar futebol (1:05)

Atleta do Flamengo, Sarah diz que antes do judô, pensou em seguir carreira no futebol (1:05)

Nesta sexta-feira, em Abu Dhabi, a brasileira Ketleyn Quadros conquistou a medalha de bronze após derrotar a mexicana Prisca Awiti Alcarazpor com um ippon na categoria 63kg.

"Estou muito feliz por mais uma conquista. É mais um passo importante nessa reta, quase que final, para a vaga olímpica. É fruto de muito trabalho e dedicação de todas as partes: SOGIPA, seleção brasileira, família e parceiros. Estou muito agradecida por toda a torcida e todo o carinho", disse a judoca, que repetiu o feito de 2016.

Apesar de ter feito um ótimo campeonato, tendo derrotado as duas primeiras adversárias por ippon, ela não conseguiu passar de Tina Trstenjak. A eslovena campeã olímpica derrotou Ketleyn com três shidos e ainda garantiu o ouro na categoria.

A brasileira se recuperou na repescagem, vencendo a francesa Edwige Gwend e qualificando-se para a disputa de terceiro lugar, onde aplicou um ippon com menos de um minuto de luta.

"Eu sei que ainda tenho muito caminho pela frente. Então, que isso me sirva de motivação e incentivo para as melhoras diárias e saltos mais altos. Estou muito feliz por estar crescendo e evoluindo", concluiu.

Esta é a quarta vez no ano em que Ketleyn sobe ao pódio pela seleção. Antes, ela havia conquistado uma medalha de ouro, no Grand Slam de Brasília, uma de prata, no Grand Prix de Budapeste, e uma de bronze, no Open de Oberwart.