<
>

Atleta do Flamengo, Sarah Menezes busca vaga no judô em Tóquio, mas não descarta ser jogadora de futebol no futuro

play
Kimono ou chuteira? Sarah Menezes revela habilidade nos gramados e paixão por jogar futebol (1:05)

Atleta do Flamengo, Sarah diz que antes do judô, pensou em seguir carreira no futebol (1:05)

Sarah Menezes entrou para a história do esporte brasileiro quando conquistou a primeira medalha olímpica feminina no judô, em Londres-2012. Mas apesar de vestir kimono e faixa preta, a atleta do Flamengo também revelou uma outra paixão: as chuteiras. E não é como torcedora, já que ela assumiu não torcer para nenhum time de futebol.

Sarah esteve nos canais ESPN para a gravação do Olhar espnW que vai ao ar na próxima quarta-feira (30) às 20h (de Brasília) na ESPN Extra e no WatchESPN e brincou com a possibilidade de trocar os tatames pelos campos de futebol..

"Quem sabe", brinca. "Eu já pensei. É um esporte gostoso", completa.

Sarah conta já ter praticado vários esportes, mas diz sempre ter se identificado com o futebol, ainda antes do judô. E para a atleta, a possível justificativa é que ela cresceu entre primos homens e sentiu que precisava ter habilidades com a bola.

“Eu me sinto bem. Tenho um pouco de habilidade com os pés”, diz Sarah, que também confessou ter batido uma bolinha no treino futsal do Flamengo na última quarta com as garotas e tomou bronca do treinador.

Apesar de ter escolhido o judô para seguir como profissão, ela afirmou ter pensado em futebol antes de se firmar nos tatames.

Sarah mudou de categoria recentemente e foi de ligeiro (48kg) para o meio-leve (52kg). Além da mudança de peso, a atleta sofreu uma ruptura nos ligamentos do peitoral esquerdo e passou por uma cirurgia que a deixou afastada, mas ela segue viva e confiante para Tóquio-2020.

Depois disso, porém, ela mantém o desejo de se testar o campo. Sarah diz nem saber os caminhos, mas diz ter vontade de jogar bola. Ela só não quer começar completamente de baixo.

"Tomara que minha medalha de ouro conte pontos", diz.