<
>

Lançamento da Superliga é marcado por homenagens e Bernardinho e Zé Roberto no Hall da Fama

play
Zé Roberto e Bernardinho são homenageados no Hall da Fama do COB durante lançamento da Superliga de vôlei (1:00)

Os técnicos do São Paulo/Barueri e SESC-RJ receberam homenagem do Comitê Olímpico do Brasil (1:00)

Nesta segunda-feira (21), a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) realizou o evento de lançamento da temporada 2019/2020 da Superliga. A masculina terá início no dia 9 de novembro e a feminina, no dia 12 do mesmo mês. Elas são compostas por 12 times cada e todos os 24 estavam presentes no evento.

O que marcou o evento foram as homenagens. Os treinadores José Roberto Guimarães e Bernardinho foram homenageados e tiveram seus nomes inseridos no Hall da Fama do Comitê Olímpico Brasileiro pelos resultados conquistados ao longo da carreira.

Atualmente, Bernardinho comanda o SESC-RJ e Zé Roberto, além de ser técnico do São Paulo/Barueri, está à frente da seleção brasileira, mas já anunciou que se aposentará da equipe após as Olímpiadas de Tóquio em 2020.

Ex-atletas também receberam homenagens. A primeira foi pelos 35 anos da conquista da primeira medalha de prata olímpica da seleção brasileira em esportes coletivos, em Atlanta-1996. A ‘Geração de Prata’ recebeu uma placa comemorativa pelo feito e quem levou a equipe ao resultado foi o treinador Bebeto de Freitas, falecido em março do ano passado.

A homenagem seguinte foi pelos 15 anos do ouro em Atenas-2004. A seleção, comandada pelo técnico Bernardinho, também recebeu uma placa comemorativa pelo ouro olímpico.

Em seguida, foi a vez da apresentação dos times. Bicampeã olímpica, uma das novidades para a temporada é Sheilla, que ficou três temporadas longe das quadras e deu à luz às gêmeas Ninna e Liz.

Contratada pelo Minas, atual campeão da liga, a jogadora se mostrou com os pés no chão. “O Minas vem de uma temporada que ganhou tudo, então a gente tem que ir devagar, pensando passo a passo. Acho que a gente tem que pensar um pouquinho de cada vez, subir um degrau de cada vez, mas estou feliz por estar de volta”, disse para o espnW.

Superliga feminina

A Superliga feminina terá início no dia 12 de novembro e os primeiros confrontos serão entre São Cristóvão Saúde São Caetano x Osasco/Audax e São Paulo FC/Barueri x Fluminense, ambos às 19h (de Brasília).

Os times participantes são: Flamengo, Curitiba Vôlei, Dentil/Praia Clube, Esporte Clube Pinheiros, Fluminense, Itambé Minas, Osasco/Audax, São Cristóvão Saúde São Caetano, SESC RJ, SESI Vôlei Bauru e Valinhos.

O atual campeão é o Minas.

Superliga masculina

A Superliga feminina terá início no dia 9 de novembro e o primeiro confronto será entre São Francisco Vôlei-RP x SADA Cruzeiro, às 17h (de Brasília).

Os times participantes são: América Vôlei, APAN Blumenau, Botafogo, DENK Academy Maringa Vôlei, EMS Taubaté FUNVIC, FIAT/Minas, SADA Cruzeiro, São Francisco Vôlei – RP, SESC-RJ, SESI-SP, Vôlei Renata e Vôlei Um Itapetininga.

O atual campeão é o Taubaté.