<
>

Olimpíada: Primeira medalhista brasileira na canoagem slalom em mundiais, Ana Sátila garante vaga para Tóquio

play
Ana Sátila comemora vaga na Olimpíada de Tóquio: 'Não tenho palavras para descrever essa emoção' (1:14)

Brasileira garantiu sua participação no Mundial da categoria na Espanha (1:14)

O Brasil garantiu a vaga para canoagem slalom na Olimpíada de Tóquio 2020 nesta quinta-feira. Apesar de a vaga ser para o país, tudo indica que Ana Sátila será a representante da modalidade no próximo ano.

Ana conquistou a primeira a vaga brasileira para Tóquio nesta quinta-feira (25) na disputa pelo K1 Feminino no Mundial de Canoagem Slalom em La Seu d’Urgell na Espanha. Ela passou sem susto para a semifinal, fazendo o 12º melhor tempo (106s74) na primeira descida da classificatória.

A próxima etapa contará com 30 atletas que representam 18 nações, entre eles o Japão tem vaga garantida por ser o país-sede da competição. Outros países contarão com mais de um atleta na disputa, e o Brasil tem apenas Ana Sátila.

Todos os participantes da semifinal já garantiram vaga para olímpica e também a Rússia, que não foi para a semifinal mas teve o melhor desempenho entre os outros países nas eliminatórias com a vaga aberta pelo Japão que não participa da eliminatória.

Vagas garantidas

Ao todo, contando com Ana Sátila, o Brasil já tem 105 vagas confirmadas em Tóquio 2020:

-> 18 atletas no futebol feminino

-> 12 rugby feminino

-> 12 vôlei feminino

-> 12 vôlei masculino

-> 14 hand feminino

-> 12 natação (revezamentos 4x100m e 4x200m livre, e 4x100m medley)

-> 10 vela (classes 49erFX, 49er, 470 feminino, Laser, Finn e Nacra 17)

-> 9 atletas no hipismo (adestramento, CCE e saltos por equipes)

-> 1 Águas abertas (Ana Marcela nos 10km)

-> 1 Pentatlo (Ieda Guimarães)

-> 1 tênis (João Menezes - precisa estar entre os 300 do ranking mundial em junho do ano que vem)

-> 1 tênis de mesa

-> 1 tiro com arco

-> 1 Canoagem Slalom