<
>

Campeã olímpica de vôlei, chinesa é flagrada no exame antidoping e suspensa por 4 anos

Yan Fangxu na Rio-2016 Jamie Squire

A chinesa Yan Fangxu, campeã olímpica de vôlei nos Jogos do Rio-2016, foi suspensa por quatro anos pelo consumo de substâncias proibidas, segundo informações divulgadas nesta quarta-feira (14) pela Agência Antidoping da China.

Fangxu, de 24 anos, deu positivo para o uso de eritropoetina (EPO), mesma substância utilizada pelo ciclista Lance Armstrong, em um controle fora de competição realizado no dia 11 de agosto do ano passado.

Com a suspensão, a oposta não poderá participar dos Jogos de Tóquio, no ano que vem.

Além do ouro obtido no Rio, ela tem no currículo o ouro nos Jogos Asiáticos de 2015 e o vice-campeonato mundial de 2014.