<
>

Cyborg se desculpa com Dana White por 'manipulação' de vídeo e presidente do UFC ataca: 'Lidar com ela foi um pesadelo'

play
Cyborg desabafa contra Dana White: 'O UFC não me ajuda' (1:57)

Brasileira fez sua última luta no contrato com o UFC (1:57)

Na semana passada, o UFC anunciou que não renovaria o contrato com Cris Cyborg. Pouco tempo antes, a ex-campeã peso-pena havia publicado um vídeo em seu canal do YouTube com legendas que não condiziam ao que Dana White dizia e apagou logo em seguida.

Alguns dias depois, Cyborg publicou um pedido de desculpas em suas redes sociais, afirmando que o vídeo foi editado por sua equipe de produção. “Fez parecer que Dana me disse ‘e ouça sempre que me ouvir dizendo coisas, eu não estou dizendo... a verdade’. Dana não me disse isso e as legendas do vídeo estavam erradas. Como você pode ver no vídeo não editado, Dana disse ‘e ouça, sempre que me ouvir dizendo coisas, não estou falando coisas negativas sobre você’”, escreveu.

View this post on Instagram

Hey guys, I know that many people saw the video of my confrontation with Dana White after UFC 240 that was posted on my official YouTube channel, Twitter account and Instagram account. I want to let everyone know that the video was edited by my Production Team to make it appear as though Dana told me "and listen whenever you hear me saying stuff, I'm not saying ...the truth." Dana did not say that to me, and the subtitles in the video were incorrect. As you can see from the unedited video, Dana actually said "and listen, whenever you hear me saying stuff, I'm not saying negative things about you." Dana and I have had many disagreements during my career in the UFC, and I have been adamant about standing up for myself in situations where I feel my character and statements have been misrepresented and used against me. But I also take pride in being an honest person and a true professional. I take full responsibility for the actions that resulted in the edited video being posted on my social media accounts. We were wrong, and I have addressed this issue with my Production Team so that it doesn't ever happen again in the future. ​Finally, I want to apologize to Dana White for posting the video. Even though we will continue to disagree about numerous issues, I will always stand up for doing what is right. •••••••••

A post shared by ®️Cristiane Justino (@criscyborg) on

Ela também afirmou assumir toda responsabilidade pelas ações que resultaram na edição do vídeo e que resolveu o problema com a equipe, finalizando: “Quero pedir desculpas a Dana White por ter postado o vídeo. Mesmo que a gente continue a discordar em inúmeras questões, sempre defenderei o certo”.

Posterior ao ocorrido, Dana White afirmou em entrevista coletiva que ter se desculpado com ele deve ter matado a lutadora e disse que o que ela fez foi sujo. “Lidar com a Cyborg tem sido um pesadelo durante todos esses anos. Havia muita controvérsia antes de contrata-la e, mesmo assim, assinamos com ela. Mesmo após ter testado positivo a anabolizantes. Nós a tornamos uma atleta limpa com a melhor política antidoping em todos os esportes”, disse.

O presidente ainda afirmou que, para ele, o Ultimate foi o grande responsável pela reconstrução da marca da lutadora e que ‘nada foi melhor para o seu legado do que ser reconhecida como uma lutadora limpa’.

Dana também disse que não pretende fazer negócios com a atleta novamente e voltou a dizer que ela não quer uma revanche com Amanda Nunes, embora a peso-pena tenha pedido.

“Se eu estiver mentindo sobre ela não querer a revanche, ela pode me ligar amanhã e vamos fazer esta luta. Porém ela não vai ligar e não vamos fazer este combate porque ela não quer lutar contra Amanda Nunes de novo”, falou o presidente, que concluiu dizendo acreditar que Amanda a nocautearia novamente no primeiro round.

Cyborg deixa o UFC após ter vencido Felicia Spenser por decisão unânime. Ela fez um total de 7 lutas pelo Ultimate.