<
>

UEFA planeja dobrar o número de mulheres no futebol europeu em cinco anos

A campanha ‘We Play Strong’ (‘Nós jogamos forte’, em tradução livre), que tem como objetivo promover o futebol feminino, vai investir em iniciativas com membros da UEFA desde a base até os níveis de elite. O objetivo é dobrar o número de mulheres e meninas no futebol da Europa nos próximos cinco anos e, por isso, investir desde de a base até a elite.

“O futebol feminino é o futebol de hoje. Não o futebol de amanhã. É dever da UEFA fortalecer o futebol feminino”, disse o presidente da UEFA, Aleksander Ceferin.

Dentre os principais objetivos, estão: dobrar o número de mulheres jogando nas 55 associações da UEFA para 2,5 milhões, duplicar a representação feminina nos cargos da UEFA, dobrar o alcance e valor do Campeonato Europeu e Champions League feminina e mudar a percepção do futebol feminino em toda Europa.

O anúncio aconteceu nessa sexta-feira (17), véspera da final da UEFA Women’s Champions League entre Lyon e Barcelona, que você acompanha AO VIVO e EXCLUSIVO na ESPN Extra e no WatchESPN a partir das 12h45.

“Essa estratégia irá promover, inovar e acelerar o futebol feminino para que todas as mulheres e meninas possam ter amor e afinidade com o futebol, seja como jogadora, técnica, árbitra, administradora ou fã”, afirmou Nadine Kessler, diretora de futebol feminino da UEFA.

"Toda garota, independentemente de talento, merece um lugar para jogar futebol e a possibilidade de lutar pelo impossível sem limitações. O futebol feminino é futebol, e o futebol tem uma enorme capacidade de impactar além do campo de jogo e romper barreiras culturais e sociais”, finalizou Nadine.