<
>

CBF nomeia primeira diretora mulher na história da entidade

Em 108 anos de existência, entidade terá uma mulher diretora pela primeira vez


A arquiteta esportiva Luísa Rosa é a primeira mulher diretora da CBF. Ela foi nomeada nesta segunda-feira (26) pelo presidente da entidade, Ednaldo Rodrigues, e vai comandar a diretoria de patrimônio, que passará a se chamar diretoria de infraestrutura.

A dirigente chega com a tarefa de ampliar a Granja Comary, o centro de treinamento da seleção brasileira, localizado em Teresópolis, na região serrana do Rio de Janeiro.

''Uma mudança muito grande que está vindo, com outras várias coisas novas que estão acontecendo aqui na CBF. E é muito importante para as mulheres que estão nesta área esportiva. É um mercado que sempre teve espaço, mas agora estamos tendo destaque. É muito importante para todos verem que não interessa o sexo, o que importa é o trabalho que você executa. Podemos atuar em várias áreas. O mundo é muito grande para você se limita'', afirmou Luísa.

Desde 1914, quando foi fundada ainda com outro nome, a confederação nunca teve uma mulher ocupando um cargo entre os principais executivos.

A intenção do presidente Ednaldo Rodrigues é nomear mais uma mulher para ocupar cargo de direção nos próximos dias.

Luísa, de 33 anos, é especialista em arquitetura de arenas esportivas e já trabalhou no Comitê Organizador de Copa do Mundo do Qatar.