<
>

Premiação do NBB tem destaque de Georginho e Guerrinha eleito técnico do ano

Equipe de Melhor Defesa: Flamengo – 77,13 pontos por jogo

Equipe de Melhor Ataque: São Paulo FC – 88,7 pontos por jogo

Equipe Fair Play: Pato Basquete

Arbitragem

Melhor Árbitro: Cristiano Maranho (SC)

Trio de Arbitragem: Cristiano Maranho (SC), Andréia Regina da Silva (SP) e Fabiano Huber (GO)

Árbitro Revelação: Fernando Leite (SP)

Individuais

Cestinha – Troféu Oscar Schmidt: Leandrinho Barbosa (Minas) – 20,1 pontos por jogo

Líder em Rebotes: Georginho (São Paulo FC) – 8,7 rebotes por jogo

Líder em Assistências: Pepo Vidal (Unifacisa) – 7,8 assistências por jogo

Líder em Tocos: João Vitor (Unifacisa) – 1,5 tocos por jogo

Líder em Eficiência: Georginho (São Paulo FC) – 24,1 de eficiência por jogo

Jogador Que Mais Evoluiu: Georginho (São Paulo FC)

Destaque Jovem: Dikembe (Paulistano/Corpore)

Estrangeiro do Ano: David Jackson (Sesi Franca Basquete)

Sexto Homem do Ano: Léo Demétrio (Flamengo)

Técnico do Ano: Guerrinha (Mogi das Cruzes Basquete)

Defensor do Ano: Alex Garcia (Minas Tênis Clube)

Equipe de Defesa: Henrique Coelho (Botafogo), Danilo Fuzaro (Mogi das Cruzes Basquete), Jimmy (Sesi Franca Basquete), Alex Garcia (Minas Tênis Clube) e Rafael Mineiro (Flamengo)

Armador do Ano: Georginho (São Paulo FC)

Alas do Ano: André Góes (Mogi das Cruzes Basquete) e Marquinhos (Flamengo)

Pivôs do Ano: Devon Scott (Minas Tênis Clube) e Hettsheimeir (Sesi Franca Basquete)

King of The Season: Georginho (São Paulo FC)