<
>

Histórico! Austrália cresce com apoio de 52 mil torcedores e derruba série invicta de 78 jogos dos EUA

Os Estados Unidos são favoritos ao título da Copa do Mundo de basquete. Mas, na madrugada de sexta para sábado, a Austrália mostrou que o caminho para o ouro não será nada fácil.

Pela primeira vez em quase 13 anos, um time dos EUA formado apenas por jogadores da NBA entrou em quadra e... perdeu!

Patty Mills, armador do San Antonio Spurs, fez 30 pontos, e a Austrália, jogando em casa para mais de 52 mil pessoas, venceu por 98 a 94. O resultado acaba com uma série inacreditável dos EUA de 78 vitórias seguidas.

A última derrota da seleção norte-americana havia sido contra a Grécia, na semifinal do Mundial de 2006. Desde então, eles venceram o bronze daquele torneio e o ouro na Copa América de 2007, Olimpíada de 2008, Mundial de 2010, Olimpíada de 2012, Mundial de 2014 e Olimpíada de 2016: era a maior série invicta da história dos EUA.

Além disso, também foi a primeira vitória australiana no confronto - até então, o histórico era de 30 a 0 para os americanos.

Pelo lado da seleção comandada por Gregg Popovich, Kemba Walker fez 22 pontos, e Harrison Barnes marcou 20.