<
>

Tricampeão, Marilson vê chance grande de vitória brasileira na Corrida de São Silvestre

A 96ª edição da Corrida Internacional de São Silvestre será realizada nesta sexta-feira. Último brasileiro a ganhar a tradicional disputa pelas ruas de São Paulo, o tricampeão Marilson Gomes dos Santos acredita na possibilidade de ver um compatriota no lugar mais alto do pódio, algo que não ocorre desde 2010.

“Nesse ano, as chances são reais de um brasileiro vencer a prova novamente. A gente tem o Danielzinho do Nascimento, que vem numa excelente forma, competindo muito bem. Fez uma excelente maratona, está no melhor momento da carreira. A chance de um brasileiro estar no lugar mais alto do pódio é grande”, afirmou.

Admirado por Marilson, Daniel Ferreira do Nascimento completou a Maratona de Valência no nono lugar ao registrar a marca de 2h06min11s no último dia 5 de dezembro. É o segundo melhor tempo obtido por um atleta sul-americano na história, apenas 6s atrás apenas do recordista continental Ronaldo da Costa.

“É uma corrida muito tradicional, que me projetou para o cenário nacional e internacional”, disse Marilson, sobre a São Silvestre. “Eu acompanho desde criança, das primeiras transmissões. É uma honraria muito grande participar da prova. Graças a Deus, consegui participar e vencer”, completou.

Marilson ganhou a São Silvestre em 2003, 2005 e 2010 e também venceu as edições de 2006 e 2008 da Maratona de Nova York. Nesta sexta-feira, aos 44 anos, o ex-fundista voltará a participar da prova paulistana, desta vez como líder de um pelotão de 10 pessoas entre atletas de outras modalidades, colaboradores e médicos da Prevent/NewOn.

“A minha época passou, né? Foi outra época. Agora, é aproveitar mais o percurso. Estou do outro lado, do da maioria, para festejar o último dia do ano, completar a prova de uma maneira mais light. Enfim, é aproveitar também essa grande prova de uma maneira diferente, com um outro olhar”, afirmou o tricampeão.