<
>

Campeã da São Silvestre em 2018, queniana volta a São Paulo em busca do bi

Ganhadora da Corrida Internacional de São Silvestre em 2018, Sandrafelis Chebet disputará a 96ª edição da prova no dia 31 de dezembro. Em busca do bicampeonato, a queniana é uma das candidatas a manter a hegemonia estrangeira na disputa pelas ruas de São Paulo.

Sandrafelis conta com resultados expressivos tanto na pista quanto nas provas de rua. Durante o segundo semestre de 2021, a competidora queniana venceu a Ijebu Heritage Half Marathon no mês de julho e também ganhou e a Edreams Mitja Marato em outubro.

Diante da pandemia de covid-19, os atletas estrangeiros deverão cumprir todas as regras sanitárias do Brasil. Na 96ª edição da Corrida Internacional de São Silvestre, as brasileiras tentarão quebrar um longo jejum, já que a última representante do País a ganhar foi Lucélia Peres, em 2006.

Retirada de kits

Os inscritos poderão retirar kit e chip entre os dias 27 e 30 de dezembro, no Palácio das Convenções do Anhembi (Hall Nobre), em São Paulo. O local fica na avenida Olavo Fontoura, 1.209 (acesso pela entrada do Auditório Elis Regina), na EXPO São Silvestre.

Nos dias 27, 28 e 29, a retirada será realizada entre 9h e 20h (de Brasília), enquanto no dia 30 a entrega ocorre entre 9h e 16h. Não haverá retirada de kit e chip no dia da corrida nem após a realização da prova. Os documentos necessários para a retirada estão disponíveis no site oficial.