<
>

Brasileiras se classificam para finais do atletismo nos Jogos Paralímpicos: confira resultados

As brasileiras Jerusa Geber e Thalita avançaram para a final dos 100m rasos (classe T11) no atletismo dos Jogos Paralímpicos de Tóquio. Assim, o Brasil garantiu ao menos mais uma medalha. Jerusa fez venceu a primeira bateria com 12s26 e Thalita terminou em segunda na segunda bateria, com 12s32.

Jardenia Felix participou das eliminatórias dos 400m rasos (classe T20) e terminou na segunda posição de sua bateria, classificando-se para a final da prova.

Na bateria dos 1500m (classe T54), Vanessa Cristina de Souza ficou na sexta posição e se classificou para a final da prova.

No masculino, dois brasileiros estiveram presentes nas semifinais dos 400m rasos (T20). Daniel Tavares, recordista mundial da prova, ficou na nona posição geral, enquanto Gustavo Henrique, sobrinho de Daniel, ficou em 12º. A dupla não avançou para a final.

No salto em distância, o Brasil não conseguiu medalha. Aser Ramos terminou na quarta posição, com a melhor marca de 5,58m. Outro brasileiro, Rodrigo Parreira terminou em quinto com 5,49m. O ouro ficou para o russo Evgenii Torsunov, com 5,76m

Pelo lançamento de dardo F54, o brasileiro Francisco Jefferson ficou na quinta posição com a marca de 56.33m. Já Edenilson Floriani ficou na sexta colocação com 55.54m de marca final.

Vinicius Alexandre conseguiu a medalha de prata nos 100m rasos na categoria T63. O russo Anton Prokhorov conquistou a medalha de ouro nos 100m rasos com 12s04, apenas um centésimo na frente de Vinicius, que largou com problemas mas se recuperou no decorrer da prova.

Quem também conseguiu medalha foi o Alessandro Rodrigo, que ficou com a prata no arremesso de peso F11 para deficientes visuais.