<
>

COB envia mais de 20 toneladas de materiais e equipamentos para Tóquio

Em vista dos Jogos Olímpicos, que terão início em 23 de julho de 2021, o Comitê Olímpico do Brasil já prepara as operações logísticas.

Em abril, o COB enviou os últimos contêineres (20 no total) com materiais e equipamentos esportivos para o Japão. Segundo o vice-presidente da entidade, Marco La Porta, o processo não é simples: “A logística é fundamental na Missão. Fizemos diversas viagens ao Japão para entendermos a melhor operação disponível.”

A operação teve início ainda em 2018, quando três contêineres foram transportados. Nos dois anos seguintes, outros cinco também chegaram ao país asiático.

Entre os equipamentos estão: barcos e botes (vela), tatames para os esportes de combate, sacos de boxe, aparelhos de musculação e materiais de treinamento do levantamento de pesos.

Além da complexidade habitual destinada a este tipo de operação, a pandemia de Covid-19 teve grande impacto no processo. “Além de toda a estrutura oferecida, temos que proteger o nosso atleta, diminuindo o risco de contaminação pelo coronavírus”, afirma Marco La Porta.

Visando a proteção dos atletas, o COB adquiriu, entre outros itens, 68 mil máscaras descartáveis, 12.500 sapatilhas TNT, 400 borrifadores de álcool e 250 aventais.

Além disso, visando diminuir o contato entre as pessoas, a distribuição de uniformes foi modificada. Em vez de os atletas se deslocarem até uma das bases, os equipamentos serão enviados aos seus quartos dentro de malas.